No Brejo

Policiais Militares realizam três prisões e recuperam moto roubada

Um dos homens foi detido suspeito de agredir a própria companheira.

Nessa quarta-feira (20), policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) realizaram três prisões e recuperaram uma moto logo depois dela ter sido roubada. A primeira prisão aconteceu no Sítio Pacheco, zona rural do município de Araçagi, quando um homem foi detido suspeito de agredir a própria companheira. Após tomar conhecimento da agressão, os policiais militares se dirigiram imediatamente para o local e realizaram a prisão do suspeito que, segundo relatos da vítima, teria utilizado um pedaço de madeira para agredi-la, causando-lhe vários hematomas pelo corpo. Ele foi levado à delegacia, onde foi autuado em flagrante pelo crime de violência doméstica.

Na zona rural do município de Belém, a guarnição comandada pelo subtenente Valdir foi acionada pelo Copom para se deslocar ao sítio Cafelis, para averiguar uma situação de recorrentes ameaças do suspeito contra moradores da comunidade. No local, a solicitante informou aos policiais que o suspeito se aproximou das vítimas, que são filhos dela, portando um punhal e apontando na direção deles e ameaçando-os. Ao perceber a situação, o pai das vítimas foi em socorro dos filhos que, juntos, conseguiram fazer com que o homem se retirasse do local. Os policiais localizaram o suspeito e conduziram as partes envolvidas para a delegacia.

Em Guarabira, a guarnição comandada pelo cabo Jean localizou e recuperou uma moto que tinha sido roubada pouco tempo antes, ainda nas proximidades de onde aconteceu o delito. O Copom foi informado pela vítima de que se deslocava para a sua residência quando foi abordada por dois homens que levaram a sua moto, fugindo em seguida. Como as guarnições foram informadas e intensificaram as rondas nas proximidades do local onde aconteceu o roubo, os suspeitos devem ter abandonado a moto ao avistarem as viaturas. A vítima e o veículo foram encaminhadas à delegacia para o auto de entrega.

Também em Guarabira, a guarnição do supervisor, major Valmir César, visualizou um veículo realizando manobras suspeitas na pista de rolamento, então foi dada ordem para que o motorista encostasse o veículo. Ao abordá-lo, os policiais constataram que ele apresentava visíveis sintomas de embriaguez alcoólica. Ele recebeu voz de prisão e a guarnição da CPTran, comandada pelo SGT Josivan, foi acionada para realizar os procedimentos cabíveis e a consequente condução do motorista à delegacia.

Repórter PB

Destaques