Programa

PB Rural Sustentável: passagem molhada e cisternas são principais demandas das regiões de Patos, Soledade e Sumé

Enviadas pelas Associações Comunitárias Rurais e outras entidades, foram apresentadas 115 demandas de subprojetos em todo o Estado.

Passagem molhada e cisternas foram as principais demandas do primeiro lote apresentadas pelos agricultores beneficiários do Paraíba Rural Sustentável, programa do Governo do Estado, que será executado pela Secretaria de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento do Semiárido (Seafds) e Projeto Cooperar, em parceria com o Banco Mundial, a fim de garantir a segurança hídrica destas famílias. Enviadas pelas Associações Comunitárias Rurais e outras entidades, foram apresentadas 115 demandas de subprojetos em todo o Estado, que vão beneficiar 3.628 agricultores das regiões de Patos, Soledade e Sumé.

As demandas estão divididas de acordo com a tipologia: Cisternas (42 Associações Comunitárias Rurais demandantes para um total de 944 cisternas a serem implantadas); Sistemas de Abastecimento D’água Completo (17); adequação/recuperação de sistemas de abastecimento d’água (5); Sistema de Abastecimento Singelo (11) e Dessalinizador (01), que representam demandas contabilizadas até o dia 5 de julho, concentradas nas Gerências Regionais de Patos, Soledade e Sumé, as quais juntas representam 76,85% do total de beneficiários.

No que diz respeito à tipologia dos subprojetos, segundo a Gerência de Planejamento, Monitoramento e Avaliação, destacam-se as demandas por passagem molhada e cisternas que correspondem a 73,13% do total demandado nesse primeiro lote. Nos municípios de Patos foram demandados 35 subprojetos com 987 beneficiados; Sousa, 17 com 652; Regional Litoral (sede do Cooperar) 06 com 304; Soledade 31 com 965 e Sumé 25 com 720 contemplados.

De acordo com o coordenador geral do Projeto Cooperar, Omar Gama, o empenho da equipe técnica, neste momento de pandemia, permitiu que as ações de implementação do programa PB Rural Sustentável tivessem início ainda em 2020. “Temos que ressaltar também a parceria da Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer) e do Banco Mundial”, ressaltou.

O relatório apresentado nessa segunda-feira (13) faz uma síntese do recebimento de demandas do primeiro lote da chamada 2020, compreendendo o período de 22/06 a 05/07, constituindo-se num sistemático acompanhamento das demandas oriundas das comunidades rurais contempladas com as ações do Projeto Cooperar, para o pleno desenvolvimento e execução das atividades que compõem o programa Paraíba Rural Sustentável.

As demandas do primeiro lote da Chamada Pública recebidas pelo Cooperar seguem agora para a segunda fase da análise de elegibilidade e em seguida de legitimação pelos Conselho Municipais de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS), possibilitando condições para realizar as demais fases do processo, conduzindo-os até a implantação dos subprojetos. Como foi informado anteriormente, o fluxo de implementação foi alterado provisoriamente de forma a garantir a implantação do PB Rural, ficando estabelecido de acordo com o planejamento de metas para 2020.

Segundo lote – A chamada para envio de demandas do segundo lote continua e será encerrada nesta quarta-feira (15). Continuam sendo acatadas demandas para avaliação dos seguintes tipos: Sistemas de Abastecimento de Água Singelo (poço, caixa d´água e chafariz; Sistemas de Abastecimento de Água Completo; Sistemas de Abastecimento de Água com Dessalinizador; Cisternas para reservação de água para consumo humano (16 mil litros); e Passagens Molhadas.

As demandas devem ser encaminhadas para o e-mail: [email protected] Os formulários serão enviados por e-mail e também estarão disponíveis no site do Projeto Cooperar www.cooperar.pb.gov.br/downloads.

Os esclarecimentos relacionados com as demandas podem ser feito por meio da Central Tira Dúvidas:telefone e WhatsApp com atendimento das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30, de segunda a sexta-feira: REGIÃO SEDE - (83) 9.9895-7095; REGIONAL DE SOLEDADE - (83) 9.9866-3858; REGIONAL DE SUMÉ - (83) 9.9684-4039; REGIONAL DE PATOS - (83) 9.9865-2329 e REGIONAL DE SOUSA - (83) 9.9632-1038.

Repórter PB

Destaques