Mobilização

Servidores da Saúde de Campina Grande paralisam nesta quarta

Um ato público, na Praça da Bandeira, a partir das 9h, marca o dia de paralisação, definido durante assembleia realizada no dia 12 de setembro.

Conforme já divulgado pelo Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab), os servidores da saúde de Campina Grande paralisam as atividades nesta quarta-feira, 09. Um ato público, na Praça da Bandeira, a partir das 9h, marca o dia de paralisação, definido durante assembleia realizada no dia 12 de setembro.

Com a mobilização, a categoria pretende chamar a atenção da população para os graves e recorrentes problemas que afetam os serviços de saúde do município, como o não cumprimento da data-base e do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR); os atrasos no pagamento da Gratificação de Incentivo ao Trabalho (GIT) e as condições de trabalho, extremamente precárias.

Como lembrou o presidente do Sintab, Giovanni Freire, desde o início do ano o sindicato denuncia a situação caótica da saúde pública em Campina, inclusive com relatórios protocolados junto ao Ministério Público da Paraíba (MPPB). Entre os problemas constatados estão mofo; infiltrações; paredes rachadas, infestadas por cupins e com risco de ruir; móveis enferrujados; falta de medicamentos; equipamentos; móveis e utensílios básicos.

Sobre o PCCR, a data-base e a GIT, Giovanni frisou que vários ofícios foram encaminhados à Secretaria de Saúde, assim como foram encaminhadas mobilizações e paralisações, mas não houve avanço.

Repórter PB

Destaques