em Brasília

João Azevêdo discute liberação de recursos para obras de segurança hídrica e habitação

Na oportunidade, o chefe do Executivo estadual discutiu a liberação de recursos para o andamento de obras que irão garantir a segurança hídrica de várias regiões do Estado.

O governador João Azevêdo manteve audiência, nesta quarta-feira (17), em Brasília, com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. Na oportunidade, o chefe do Executivo estadual discutiu a liberação de recursos para o andamento de obras que irão garantir a segurança hídrica de várias regiões do Estado e a retomada de projetos voltados à habitação popular.

“Nós tivemos a oportunidade de discutir a questão da adutora Translitorânea, que vai garantir água para a Região Metropolitana de João Pessoa pelos próximos 30 anos, bem como a barragem de Cupissura, que tem R$ 88 milhões do Orçamento Geral da União para a obra e precisamos que haja a liberação dos recursos por parte do Governo Federal para que ela tenha continuidade. Também tratamos da questão da barragem de Retiro, que segue num ritmo muito forte de execução, e da grande obra hídrica da Paraíba, o canal Acauã-Araçagi, que está no segundo lote e precisa ter a manutenção do fluxo de recursos para manter as obras”, explicou.

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual também recebeu a garantia de que o Ministério do Desenvolvimento Regional irá divulgar, até o final deste mês, as obras que serão retomadas ou selecionadas na área da habitação na Paraíba. “Isso é muito importante porque sabemos da necessidade de novas habitações e considero que tivemos uma audiência muito produtiva”, concluiu.

Participaram da reunião Deusdete Queiroga (secretário da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente); Virgiane Melo (secretária executiva da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente); e Adauto Fernandes (secretário executivo do Escritório de Representação em Brasília), além do deputado federal Wilson Santiago.

Repórter PB

Destaques