Nomeações

Governo oficializa instalação da Empaer e dirigentes são empossados

Outra ação a se destacar, é a execução de programas de assistência técnica e extensão rural, visando à difusão de conhecimento de natureza técnica, econômica e social.

Os integrantes do Conselho de Administração da Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer), da diretoria e todo o corpo operacional das gerências e servidores comissionados nomeados pelo governador João Azevêdo tomaram posse nessa quarta-feira (6), na sede da empresa na estrada de Cabedelo.

Representando o Governo do Estado, foi eleito o procurador geral do Estado, Fábio Andrade, para presidente do Conselho de Administração da Empaer, sendo que os outros integrantes são o secretário da Agricultura e Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), Efraim Morais, Nivaldo Magalhães que também presidirá a Empaer, e ainda tem como membros Porfirio Catão Cartaxo Loureiro e Ronaldo Bastos, representantes dos servidores da nova empresa. Como secretária atuará Ana Maria Queiroga.

A Empaer, empresa vinculada à Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), foi criada por meio da Lei 11.316 de 17 de abril deste ano, aprovada pela Assembleia Legislativa, unificando a Emepa, Emater e Interpa. Todas as ações que vinham sendo trabalhadas pelas três empresas passaram agora a ser executadas conjuntamente. Assim, tem como objetivo básico pesquisar, programar, executar e fiscalizar a política pública estadual de assistência técnica, extensão rural e regularização fundiária, com vistas ao desenvolvimento da agropecuária e da pesca, como também promover pesquisas de desenvolvimento científico e tecnológico aplicadas à agropecuária, além da produção de sementes para atender ao agricultor familiar.

Do mesmo modo, promover o desenvolvimento rural, a colonização e o planejamento agrícola e agrário, a legalização das terras públicas para assentamento de famílias. Enfim, também com atuação de natureza técnica da empresa, abrangendo sempre uma política de governo para o desenvolvimento da agropecuária nas áreas de pesquisa, extensão rural e regularização fundiária.

Outra ação a se destacar, é a execução de programas de assistência técnica e extensão rural, visando à difusão de conhecimento de natureza técnica, econômica e social para o aumento da produção, da produtividade agrícola e a melhoria das condições de vida no meio rural na Paraíba, de acordo com as políticas para o setor definidas pelos Governos Federal e Estadual.

Além dos Conselhos de Administração e Fiscal, a nova empresa tem diretor-presidente, diretor administrativo, diretor técnico, diretor de pesquisa e diretor de regularização fundiária, além de gerências operacionais especificas para cada área de atuação, seja na direção central e nas 15 regiões administrativas.

A diretoria é composta por um diretor presidente, Nivaldo Magalhães; o diretor administrativo, Jean Queiroga; o diretor técnico, Jefferson Morais; o diretor de pesquisa, Manuel Antonio de Almeida; e o diretor de regularização fundiária, Francisco Elias Ramos.

Na ocasião, o Procurador Geral do Estado Fabio Andrade informou que o governador João Azevêdo está entusiasmado quanto ao desempenho ainda maior da nova empresa. “Foi um grande gesto a unificação das três empresas que vai centralizar ainda mais as ações em favor da agricultura paraibana”, comentou.

O secretário Efraim Morais lembrou o esforço e a dedicação do presidente Nivaldo Magalhães em consolidar a nova empresa, numa ação que contou com as parcerias dos Sindicatos dos servidores das antigas Emater, Emepa e Interpa. Lembrou da importância das pesquisas animal e vegetação que estão à disposição dos agricultores. “Vamos transformar a agricultura numa das prioridades do Governo de João Azevêdo, com isso mudando a paisagem do interior”, afirmou.

O presidente empossado também destacou o apoio recebido de todos, considerando como sendo mais uma vitória dos que integram agora a nova Empaer.

Após a solenidade de posse, ocorreu uma reunião com a participação de técnicos da Secretaria da Fazenda do Estado sobre orientação para a emissão de nota fiscal da comercialização dos produtos ao agricultor pelos escritórios da Empaer.

Repórter PB

Destaques