Natureza

Com helicópteros, governo joga alimentos para animais sobreviventes de incêndios na Austrália

Diversas áreas foram atingidas pelo incêndio que ocorre no país desde setembro de 2018. Número de animais afetados pode chegar a 1 bilhão.

O Governo do Estado de Nova Gales do Sul, na Austrália, está jogando de helicópteros alimentos para que animais sobreviventes do grande incêndio que atinge o país não passem fome. Na última semana, oficias da Operação Rock Wallaby - nome de uma espécie de canguru afetada pelo incêndio - distribuíram cerca de uma tonelada de cenoura e batata doce sobre o habitat de cangurus.

O ministro da Energia e do Meio Ambiente, Matt Kean, divulgou em sua conta pessoal no Twitter, no último sábado (11), algumas fotos da operação.

Em entrevista para a rede de TV americana CNN, Matt Kean disse que o fornecimento de alimentos suplementares é uma das principais estratégias do governo para garantir a sobrevivência e a recuperação de espécies ameaçadas de extinção.

A operação também está monitorando com câmeras a presença de animais nas áreas afetadas. Ainda segundo o ministro, a operação vai continuar até os recursos naturais serem regularizados nas áreas afetadas.

Os habitats de várias espécies de animais foram destruídos com o grande incêndio que atinge o país desde setembro de 2018. O número total de animais afetados na Austrália pode chegar a 1 bilhão de indivíduos.

Desde setembro, 27 pessoas morreram na Austrália e milhares foram obrigadas a sair de casa por causa de incêndios imprevisíveis que queimaram mais de 10,3 milhões de hectares - uma área aproximadamente do tamanho da Coreia do Sul.

G1.

Repórter PB

Destaques