Pandemia

FIEP doa equipamentos para ajudar municípios paraibanos no enfrentamento à Covid-19

Até o dia 13 de agosto, serão entregues pela FIEP 100 capacetes de respiração não-invasiva Elmo, para 12 municípios paraibanos.

Ao longo da pandemia, a Federação das Indústrias do Estado da Paraíba tem atuado no sentido de ajudar os municípios paraibanos no enfrentamento à covid – 19. De março de 2020 até este mês de julho, foram doados pela Federação, máscaras, equipamentos de Proteção Individual, como face shields, um Túnel de Desinfecção, e até álcool em gel.


No último mês de julho, a FIEP iniciou a doação de capacetes de respiração não-invasiva (ELMO), para 12 municípios da Paraíba. No total serão entregues até a segunda semana de agosto, 100 equipamentos de respiração assistida, não invasivo que são mais seguro para os pacientes e profissionais da saúde.

A primeira cidade a receber a doação, foi Campina Grande, no dia 22 de julho, o presidente da FIEP, Francisco de Assis Benevides Gadelha entregou 15 capacetes de respiração não-invasiva (ELMO) para o prefeito Bruno Cunha Lima. Já no dia 23, foi a vez, do prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena receber 20 equipamentos. Além da capital e de Campina Grande, foram beneficiadas com as doações, as cidades de Cabedelo (05), Patos (10), Pombal (10), Sousa (07), Cajazeiras (08) e Catolé do Rocha (05), totalizando a entrega de 80 unidades do ELMO.

Até o dia 13 de agosto, serão entregues os equipamentos as prefeituras de Monteiro, Sapé, Itaporanga e Guarabira, alcançando a marca de 100 equipamentos entregues aos municípios paraibanos. Todos os equipamentos distribuídos pela FIEP foram adquiridos pelo Departamento Regional do SESI. 

“A Federação das Indústrias desde o princípio da pandemia entendeu que essa seria uma situação relativamente prolongada e que precisava da nossa contribuição. Sendo assim, com o apoio do Departamento Regional do SESI, estamos adquirindo esses equipamentos para distribuir com algumas cidades para que o poder público possa mitigar essa necessidade de intubar os pacientes, o ELMO é um equipamento fantástico que reduz em cerca de 60% dos casos de Covid, a necessidade de intubação”, explicou o presidente da FIEP.

O Elmo é um capacete de respiração assistida para tratar pacientes com quadro leve ou moderado de Covid-19. Desenvolvido no Ceará, o dispositivo melhora a capacidade respiratória, reduz em 60% a necessidade de internação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), não-invasivo, de menor custo e mais seguro para os profissionais de saúde.

O equipamento foi desenvolvido através de uma ação conjunta entre o SENAI do Ceará, em parceria com a Universidade de Fortaleza (Unifor), Universidade Federal do Ceará (UFC), e Governo do Estado do Ceará. O capacete é fabricado pela Esmaltec.

Repórter PB

Destaques