João Pessoa

Primeira-dama discute ampliação de parcerias com instituições da Fundação Padre Pio

Na ocasião, ela conheceu os projetos desenvolvidos pela Fundação e discutiu a ampliação das parcerias entre o Governo do Estado e as instituições.

A primeira-dama do Estado, Ana Maria Lins, visitou, nesta quinta-feira (26), instituições mantidas pela Fundação São Padre Pio de Pietrelcina, em João Pessoa. Na ocasião, ela conheceu os projetos desenvolvidos pela Fundação e discutiu a ampliação das parcerias entre o Governo do Estado e as instituições.

A visita da primeira-dama começou pela Casa de Passagem Mãe Ternura, que vai abrigar idosos do interior em tratamento contra o câncer. A instituição já recebeu recursos do Governo do Estado superiores a R$ 103 mil, por meio do Fundo de Erradicação e Combate à Pobreza (Funcep).

Ana Maria Lins destacou a importância do apoio do Governo do Estado aos trabalhos sociais desenvolvidos pela Fundação Padre Pio. "São trabalhos desenvolvidos para pessoas muito carentes, o que aumenta ainda mais a responsabilidade do Governo do Estado. Nesta visita, discutimos o fortalecimento das parcerias já existentes e a formação de outras, para levar ainda mais qualidade de vida a quem precisa", acrescentou.

Em seguida, a primeira-dama conheceu o projeto desenvolvido pelo Centro de Tratamento Júlia Mikaelle, que atende a crianças com microcefalia, paralisia cerebral e transtornos neurológicos. O espaço, localizado no Bairro dos Ipês, em João Pessoa, já recebeu recursos do Governo do Estado na ordem de R$ 150 mil. Ao todo, são atendidas 64 crianças, que recebem tratamento em especialidades como psicologia, fisioterapia e pediatria.

O presidente da Fundação Padre Pio de Pietrelcina, padre George Batista, agradeceu a visita da primeira-dama e destacou a importância do Governo do Estado nos trabalhos sociais desenvolvidos pela Fundação. "A visita da primeira-dama, Ana Maria Lins, simboliza a sensibilidade social do governador João Azevêdo. Desde o primeiro encontro que tivemos com a primeira-dama, ela abriu as portas e conseguimos fomentar parcerias extraordinárias. Os projetos sociais da Fundação estão se multiplicando", afirmou.

Outro projeto social desenvolvido pela Fundação Padre Pio de Pietrelcina contemplado com recursos do Governo do Estado, por meio do Plano Emergencial de Combate ao Coronavírus, é o "Banho da Misericórdia", da Pastoral de Rua. Ao todo, estão previstos recursos da ordem de R$ 300 mil.

"Quando você tem o apoio de um governo que tem responsabilidade social, como é o governador João Azevêdo, o trabalho de formiguinha se multiplica. Ao invés de 10, 20 ou 30, você ajuda a 200, 300, 500 pessoas", finalizou o padre George Batista, presidente da Fundação Padre Pio.

Repórter PB

Destaques