João Pessoa

APCA tem em Luciana Rabay sua primeira mulher presidente

Em seu discurso de despedida, o presidente sainte Mário Tourinho destacou o trabalho de equipe realizado na gestão.

Uma solenidade simples, em harmonia com as medidas de segurança preconizadas pelas autoridades de saúde e transmitida pelo Youtube, realizada sexta-feira (18) na Versailles Recepções, no bairro dos Estados, em João Pessoa, marcou a posse da nova diretoria da Academia Paraibana de Ciência da Administração, integrada por 31 membros, para um mandato de três anos.

Composta a Mesa de Honra, houve a leitura pela acadêmico Linton Barros Júnior, da Ata referente à sessão promovida pela APCA no último dia 20 de agosto, ocasião em que foram eleitos os novos membros do conselho Diretor e do Conselho Fiscal. A efetivação da posse simbólica dos seis membros se deu através de assinatura de Termo pela acadêmica Emanoela Moura Toscano.

Em seu discurso de despedida, o presidente sainte Mário Tourinho destacou o trabalho de equipe realizado na gestão, já prestado contas através de livro de atividades antes distribuído e agradeceu o comprometimento de todos e exaltou o quão salutar é a rotatividade, que permite a todos darem sua parcela de contribuição em prol da entidade.

Palavras do coração

Em seguida, a acadêmica Luciana Rabay, primeira mulher a presidir a APCA, emocionada, foi às lágrimas, ao evocar a memória de seus pais, dos quais herdou a vocação profissional de Administradora; garantiu honrar a oportunidade que lhe foi dada pelos pares, comprometendo-se a difundir e promover a ciência da administração, aproximando a Academia de Instituições de Ensino.

A nova diretoria tem como vice-presidente a acadêmica Luciane Albuquerque Sá de Souza. Compõe o Conselho Diretor os acadêmicos Gustavo Maurício Filgueiras Nogueira, como diretor administrativo e Geraldo Tadeu Indrusiak da Rosa, diretor financeiro.

Já o Conselho Fiscal eleito é composto pelos acadêmicos Lúcio Mariano Albuquerque Melo, Ivan Ramos Cavalcanti e Emanoela Moura Toscano como Titulares, assim como Rosa de Fátima Gondim Nascimento, Mário Reinaldo de Lucena Ferreira e Luciano de Santana Medeiros como Suplentes.

A atuação como Mestre de Cerimônia coube ao jornalista Cândido Nóbrega.

Repórter PB

Destaques