Solidariedade

Policiais penais participam de mais uma campanha de doação de sangue

O secretário executivo da Seap, João Paulo Barros, reforçou o convite aos policiais penais da Paraíba para que participem da campanha de doação de sangue

Doar sangue é salvar vidas, por isso, um dos gestos solidiários mais simbólicos. Assim, a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap) deu início, nesta segunda-feira (29), a mais uma campanha de doação de sangue, a de número 466. Por vários dias, policiais penais – homens e mulheres – estarão em missão humanitária no Hemocentro, em João Pessoa, e nos Hemonúcleos, nas unidades regionais.

O secretário da Administração Penitenciária, Sérgio Fonseca, destacou que a campanha acontece na Semana dos Policiais Penais, iniciada sempre no dia 28 de junho, data comemorativa da categoria. “É uma satisfação estarmos mais uma vez no Hemocentro, na campanha 466 de doação de sangue, uma ação que já é uma atividade tradicional da Seap e esse ano policiais penais, por conta da Covid-19, também estão doando plasma convalescente, ou seja, muitos daqueles que tiveram a doença se dispõem a contribuir com a possibilidade de salvar vidas também com esta atitude humanitária”, ressaltou.

Sérgio Fonseca transmitiu mensagem aos dirigentes de unidades prisionais, no sentido de que os gestores consultem os policiais penais com incentivo à doação de sangue e assim ajudem a salvar vidas. Ao se dirigir às unidades de coleta, cada doador deve mencionar que a campanha 466, da Seap, assim o Hemocentro fará levantamento sobre o resultado final da mobilização em nome da vida.

O secretário executivo da Seap, João Paulo Barros, reforçou o convite aos policiais penais da Paraíba para que participem da campanha de doação de sangue, como também para, quem puder, faça a adesão à doação de plasma.

O policial penal Ricardo Marques, vice-diretor da Penitenciária de Segurança Média “Hitler Cantalice”, é doador de sangue, de medula óssea e esse ano também se apresentou voluntariamente a doar plasma. “Pessoas estão acometidas da Covid-19 e quem já está recuperado da doença pode realizar esse ato de solidariedade ao próximo, doando plasma”, comentou.

A diretora Geral do Hemocentro Paraíba, Shirlene Gadelha, agradeceu a parceria da Seap na pessoa do secretário Sérgio Fonseca, que todo ano mobiliza policiais penais doares: “Esse gesto é generoso e fraterno, então a nossa gratidão à Secretaria da Administração Penitenciária”.

Repórter PB

Destaques