água

CHUVAS: Cajazeiras liderança ranking 2021, e Pitimbu foi o Município que mais choveu em 2020

Já nas precipitações registradas neste mês de janeiro, além de Cajazeiras, as cidades de Carrapateira (102,4 mm), Santa Helena (87,8 mm), Monte Horebe (85,3 mm) e Igaracy (84,5 mm) completam o top 5

Pitimbu foi a cidade onde mais choveu na Paraíba em 2020. Segundo levantamento feito pelo setor de Monitoramento e Hidrometria da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa), no ano passado foram registrados 2.103 milímetros no município localizado no litoral sul. Este ano o ranking das chuvas está sendo liderado por Cajazeiras, com 125 milímetros.


No top 10 do ranking das chuvas em 2020 estão: João Pessoa (2.085,7 mm), Lucena (2.026,2 mm), Cabedelo (1.985,9 mm), Caaporã (1.962 mm), Baía da Traição (1.938,3 mm), Conde (1913,2 mm), Marcação  (1.851,3 mm), Conde (1.809,6) e Alhandra (1.777,5 mm).


Já nas precipitações registradas neste mês de janeiro, além de Cajazeiras, as cidades de Carrapateira (102,4 mm), Santa Helena (87,8 mm), Monte Horebe (85,3 mm) e Igaracy (84,5 mm) completam o top 5. Os números são da rede monitoramento do Governo do Estado, que possui 244 postos pluviométricos gerenciados pela Aesa. Estes dados foram analisados na manhã desta quarta-feira (25) e a previsão para os períodos da tarde e noite é de chuva no interior do estado.



“A condição de muitas nuvens sobre grande parte da Paraíba permanece inalterada com relação aos últimos dias. Isso devido à persistência do padrão de circulação dos ventos em altos níveis da atmosfera. Com isso, poderão ocorrer chuvas isoladas nas regiões do Alto Sertão e Sertão”, informou a meteorologista Marle Bandeira, no Boletim de Análise e Previsão do Tempo da Aesa.



Quadras chuvosas  – A Paraíba tem dois períodos que são considerados os mais chuvosos em determinadas regiões. “Na quadra 1, de fevereiro a maio, são registradas os maiores índices pluviométricos no Alto Sertão, Sertão e Cariri/Curimataú. Já na quadra 2, de abril a julho,  ocorrem as maiores chuvas no Litoral, Brejo e Agreste”, explicou a meteorologista Carmem Becker.

Repórter PB

Destaques