Sousa/PB -

Extras

Polícia Civil de SP fecha call center especializado em aplicar golpes

Rádio Agência

23/02/2024 às 17:12

Tamanho da fonte

A Polícia Civil de São Paulo prendeu 29 pessoas e fechou um "call center do golpe" na rua José Paulino, tradicional área comercial do centro da capital paulista.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, a quadrilha era especializada em aplicar golpes virtuais com a falsa promessa de oferecer serviços gratuitos de provedores de internet a empresas privadas.

Segundo as investigações, os suspeitos pesquisavam CNPJ de empresas, para depois entrar em contato e oferecer o serviço

Os golpistas convenciam os empresários a assinar contrato, mas ao aceitar o negócio, as vítimas contraíam dívidas superiores a R$ 3 mil. E eram ameaçadas de ter o CNPJ negativado caso não pagassem. Uma das empresas alvo da quadrilha teve um prejuízo de quase R$ 140 mil.

No local do call center criminoso, os policiais recolheram celulares, computadores e documentos. No depoimento à polícia, os atendentes disseram que desconheciam que a empresa aplicava golpes. E que a função deles era apenas ler um texto ao entrar em contato com as empresas.

Os envolvidos foram presos em flagrante pelos crimes de estelionato, extorsão, associação criminosa, crime contra as relações de consumo e exercício ilegal de atividade. Também vão responder por corrupção de menores, porque três menores de idade também estavam na sede da suposta empresa de tecnologia. Eles foram ouvidos na presença dos responsáveis e depois liberados.

Geral Em depoimento, atendentes disseram não saber dos golpes São Paulo 23/02/2024 - 17:11 Ana Lúcia Caldas / Fran de Paula Leandro Martins - repórter da Rádio Nacional golpes virtuais call center Estelionato sexta-feira, 23 Fevereiro, 2024 - 17:11 100:00

Continue lendo ...
Ads 728x90

QR Code

Para ler no celular, basta apontar a câmera