André e Tyrone no mesmo palanque em 2022 em Sousa; Isso é possível? Explico

E o que pondera o próprio Tyrone a respeito desta possibilidade?

Começa a formação de cenário políticos para a disputa eleitoral quer para Presidente, Senador, Governador, Deputado Federal, e Deputado Estadual visando as eleições de 2022 em todo o Estado da Paraíba.


Julgando pelas eleições municipais para prefeitos, e Vereadores em 2020, a chapa proporcional foi a que mais sofreu por não haver contudo as vantajosas coligações.


Agora é preciso ter agrupamento de lideranças fortes em um mesmo partido para formação da chamada “calda” eleitoral, assim atingir o coeficiente partidário para depois descobrir os eleitos desta formação, claro, começando pelo mais votado da legenda.


Neste jogo, surgi em Sousa uma informação que circunda os bastidores da política, que o ex-prefeito André Gadelha (PSC) fora convidado para se filiar ao AVANTE com garantias de ter uma vaga para disputar a eleição estadual, tudo aquilo que Andrezão sonha.
Até ai, tudo normal, sem problema conjunturais, até aparecer um possível desenrolar desta decisão do ex-prefeito. E, não é que já apareceu!


O AVANTE é um partido político ligado a base eleitoral do Governador João Azevedo que tem em Sousa o prefeito Fábio Tyrone (Cidadania) como seu aliado mais forte, que por sinal, na sua reeleição conseguiu maioria de 14.760 votos em cima do seu adversário, Leonardo Gadelha (PSC), apoiado pelo ex-prefeito André Gadelha. O maior da história.


Diante dos fatos que se podem concretizar, em tese, André Gadelha tornaria aliado natural do Governador João Azevedo. Quais seriam então as reivindicações de André ao Governo do Estado para trabalhar a reeleição de João Azevedo em Sousa? André subiria no mesmo palanque ao lado de Tyrone para pedirem votos para o Governador candidato a reeleição? Ou, haveriam dois palanques?
O que pensa o Prefeito Fábio Tyrone sobre o assunto? O Governador iria consultar o aliado de primeira hora em Sousa sobre essa aproximação do adversário político? Iria ouvir a opinião de Tyrone sobre o assunto? E o que pondera o próprio Tyrone a respeito desta possibilidade?


E, o Deputado Estadual Lindolfo Pires, o que pensa sobre o tema? Lindolfo teria de cara dois candidatos a Deputados da mesma aliança disputando com ele os votos no Município de Sousa. Eu disse: dois. Neste caso, André Gadelha, e o Deputado Estadual, Júnior Araújo, esse último com o apoio do Grupo Oliveira.


Esses pontos divergentes, sem dúvida são questionados pela maioria dos observadores políticos de Sousa sobre o tema.


Outro município que vai dá uma dorzinha de cabeça no Governador é São Francisco na Grande Sousa. Por lá, oposição liderando pelo Deputado Estadual Júnior Araújo, e Situação, coordenada pelo Deputado Lindolfo Pires apoiam o mesmo Governador.


Para pensar:

O ignorante afirma, o sábio dúvida, o sensato reflete. Aristóteles


Tenho Dito


Por Pereira Jr.

Analista Político, e Editor Chefe do Portal REPORTERPB

Destaques