Cientistas promovem audiência para discutir preservação do Vale dos Dinossauros; Estudos apontam que pegadas podem desaparecer entre 03 e 08 anos

Os cientistas estão fazendo fotografias tridimensionais de forma que se o tempo destruir as pegadas, elas permaneçam registradas em plataformas digitais

Um grupo de pesquisadores coordenados pela pós doutoranda em Geologia pela Universidade Federal de São Carlos(UFSCar), Aline Ghilardi , está em Sousa, para estudar e compreender a distribuição dos dinossauros em solo sousense. O objetivo dos estudiosos é tentar preservar a história desses répteis da forma mais fidedigna possível.

Além de Aline Ghilardi, a equipe também é formada pelo geólogo, Tito Aureliano e pelos mestres em Ecologia e Recursos Naturais (UFSCar), Pedro Buck e Bernardo Pimenta. Os cientistas estão fazendo fotografias tridimensionais de forma que se o tempo destruir as pegadas, elas permaneçam registradas em plataformas digitais.

Apesar de as pegadas terem mais de 136 milhões de anos, elas estão sendo destruídas pelo processo de erosão e pela exposição à pisada de animais. Segundo Ghilardi, algumas pegadas estão previstas para desaparecer entre 3 e 8 anos, se não forem tomadas as devidas precauções.

“Existe uma necessidade urgente da conservação deste sítio. Um deles é o que está na Passagem das Pedras. Há uma necessidade de uma ação pública em prol da preservação deste patrimônio,” disse.

Pensando na manutenção das pegadas, será promovida na próxima terça-feira (30), ás 16h, no auditório do Sebrae, uma audiência pública voltada para políticos, estudantes, pesquisadores e demais membros da sociedade civil. O encontro está sendo articulado pelo ambientalista, César Nóbrega, e pelo Sebrae. Na ocasião, os especialistas irão esclarecer vários pontos a respeito da necessidade de preservação dos sítios arqueológicos culminando com a formulação de um agenda de ações para zelar por este patrimônio.

Enio Marx - Jornalista da Educativa 105,9 FM/Sousa-PB
Foto - Acervo Pessoal de Aline Ghilardi

Repórter PB
Repórter PB

Destaques