Sousa/PB -
Centro de referência

Cendor oferece atendimento em diversas especialidades no tratamento da dor crônica

Quem sofre com dor crônica costuma achar que o incômodo constante faz parte da vida, mas isso não é verdade

Da Redação Repórter PB

23/01/2022 às 08:25

Ads 970x250
Imagem

Tamanho da fonte

Quem sofre com dor crônica costuma achar que o incômodo constante faz parte da vida, mas isso não é verdade. A dor crônica é uma doença e, como tal, precisa ser tratada. Para ofertar melhoria na qualidade de vida da população, a Prefeitura de João Pessoa mantém um centro de referência em reabilitação, que oferece atendimento em pós-operatório de cirurgias, bem como o tratamento da dor nas pessoas acometidas por síndromes dolorosas crônicas. Este serviço é o Centro de Tratamento da Dor (Cendor), que funciona no Complexo Hospitalar de Mangabeira Governador Tarcísio de Miranda Burity (Ortotrauma), no bairro de Mangabeira II.

 

Neste local, são ofertados serviços como fisioterapia (analgésica, cinesioterapia, hidroterapia, osteopatia, RPG e pilates), acupuntura, psicoterapia, atendimento médico em diversas especialidades e procedimentos de infiltração para os casos mais refratários. A equipe multidisciplinar é composta por médicos, fisioterapeutas, psicólogos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, além do administrativo.

“Possuímos uma equipe multidisciplinar experiente, capacitada e comprometida com o atendimento de qualidade e a reabilitação plena do usuário. O Centro é um dos poucos locais especializados na rede pública que possui uma estrutura deste porte, com variedade de terapias oferecidas em um único local”, ressaltou a fisioterapeuta Larissa Araújo, coordenadora do Cendor

A gestora também explicou que os pacientes que realizam as cirurgias ortopédicas no Ortotrauma são encaminhados para que realizem a reabilitação pós-operatória no Cendor. Depois de realizada a triagem do paciente, são iniciadas as sessões de fisioterapia, com a terapia mais indicada para cada caso.

“Auxiliamos pacientes de todas as idades a encontrar conforto e alívio para a dor. Nossa equipe altamente especializada e que trabalha por um objetivo em comum: melhorar a qualidade de vida do paciente, com excelência e dedicação, para que cada vez mais pessoas encontrem alívio para a dor”, afirmou a coordenadora.

Qualidade de vida – É esse alívio e melhoria na qualidade de vida que Daniela Cristina de Lucena ressalta. A paciente mora em Mangabeira e faz hidroterapia no Cendor. “Minha qualidade de vida melhorou muito. Eu sentia muita dor no quadril e atualmente, a não ser em dias muitos específicos, eu quase não sinto mais dor. Além disso, é bom demais vir para as sessões. É bom para o corpo e para o espírito”, completou.

Encaminhamento – Nos casos dos pacientes de dor crônica, os mesmos devem ser encaminhados ao Cendor por meio das unidades de saúde da família (USF), passando pela regulação municipal.

O Cendor fica localizado na Rua Agente Fiscal José Costa Duarte, s/n, em Mangabeira II (anexo ao Ortotrauma). O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Quem desejar entrar em contato para informações deve ligar para os números 3239-1221 ou 3239-3225.

Fonte: Repórter PB

Ads 728x90

QR Code

Para ler no celular, basta apontar a câmera

Comentários

Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.