Pacientes

Paraíba lança edital e amplia apoio às pessoas em tratamento de HIV/Aids

As instituições que cumprirem os requisitos devem submeter as propostas até o dia 30 de setembro.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) lançou edital para a seleção de projetos junto às organizações não governamentais e outras organizações da sociedade civil, sem fins lucrativos, para prestar assistência às pessoas em tratamento de HIV/Aids, ampliando, dessa forma, o número de casas de apoio já existentes. As instituições que cumprirem os requisitos devem submeter as propostas até o dia 30 de setembro. Com este novo edital haverá um incremento no investimento de recursos próprios, no valor de R$ 220.085,98, para a seleção de até dois projetos, sendo um projeto em Campina Grande e um em João Pessoa.

O Estado já disponibiliza duas casas de apoio aos pacientes que convivem com o HIV/Aids, uma em João Pessoa e outra em Campina Grande. O objetivo é ampliar a rede de acolhimento aos pacientes que convivem com os agravos e precisam se ausentar de seus domicílios para o acompanhamento periódico de saúde. Atualmente, o Estado repassa R$ 110 mil por ano para as casas que acolhem estes pacientes.

De acordo com a gerente operacional de IST/Aids e Hepatites Virais da SES, Ivoneide Lucena, a necessidade da ampliação se dá pelo fato dos usuários terem um acompanhamento de saúde integrado, em virtude do agravo, o que ocasiona uma estadia maior fora do domicílio, para ter acesso às unidades de referência. E ela explica ainda que as instituições precisam ter experiência em lidar com este público e que o serviço vai além da oferta de estadia para os pacientes. 

“Essa casa de apoio tem que estar estruturada para oferecer a hospedagem e a alimentação aos usuários e aos acompanhantes, caso existam a necessidade. Em caso de crianças em tratamento é preciso um local adequado para a paciente e para o responsável. Além da estrutura física, ela precisa atender aos critérios de planejamento de ações para os usuários como a oferta de atividades lúdicas, terapia e rodas de conversas”, ressalta a gerente.
 
 As casas de apoio precisarão funcionar de domingo a domingo, sempre que houver pacientes hospedados. Os critérios de seleção do edital estão disponíveis no site https://paraiba.pb.gov.br/diretas/saude/editais-e-licitacoes/editais2, bem como toda a documentação necessária para a inscrição do projeto. A divulgação dos resultados está prevista para 9 de outubro. 

Repórter PB

Destaques