Lei

Projeto institui educação de consumo sustentável nos recursos naturais na Paraíba

O PL, que tramita na Assembleia Legislativa, traz uma série de medidas para que a consciência ambiental e o consumo consciente façam parte da realidade do paraibano.

A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) criou o Projeto de Lei nº 2.295/2020, que tem o objetivo de instituir uma política estadual de Educação de Consumo sustentável nos recursos naturais na Paraíba. O PL, que tramita na Assembleia Legislativa, traz uma série de medidas para que a consciência ambiental e o consumo consciente façam parte da realidade do paraibano.

Entre as ações previstas na lei, estão o incentivo à conscientização de consumidores pela escolha de produtos produzidos por processos ecologicamente sustentáveis, o estímulo ao consumo consciente de água, energia e de outros recursos, tanto no âmbito residencial como nas atividades de produção, comércio e de serviços.

Para Camila, este é um tema urgente a ser colocado em prática na Paraíba. “Não podemos falar em desenvolvimento sem tratar do consumo consciente e de uma visão mais sustentável para a utilização dos recursos. Precisamos entender o impacto da poluição e o caminho inverso que deve ser percorrido para uma visão responsável e ecológica”, aponta.

O projeto ainda prevê a redução de acúmulo de resíduos sólidos, a educação de estudantes sobre a política de diminuição de embalagens e a incentivo a criação de empresas que tenham visão das dimensões sociais, culturais e ambientais no processo e gestão dos resíduos. Camila também defende a ampla divulgação do ciclo de vida dos produtos, além das técnicas necessárias para maneja-los de forma sustentável.

“A educação tem o poder de harmonizar o consumo com a sustentabilidade. A preservação dos recursos garante sua utilização nas próximas gerações, o consumo consciente engaja a população nessa luta que, de fato, precisa ser de todos”, ressalta.

Repórter PB

Destaques