Câmara Municipal

Atendimento exclusivo a corretores na Prefeitura de Cabedelo será requerido por vereadores

A confirmação foi dada na manhã de hoje por ambos em visita ao presidente do Creci-PB, Rômulo Soares

Os vereadores de Cabedelo, Janderson Brito (PSDB) e Márcio Silva (PSL) apresentarão na noite desta terça-feira (7), durante sessão da Câmara Municipal, requerimento conjunto ao prefeito Vitor Hugo (DEM) e ao secretário da receita Youssef Asevedo, no sentido de que seja disponibilizado pela edilidade espaço físico para instalação de um posto de atendimento exclusivo aos corretores de imóveis.


A confirmação foi dada na manhã de hoje por ambos em visita ao presidente do Creci-PB, Rômulo Soares, que anteriormente havia sugerido um Termo de Cooperação Técnica entre o Órgão e a Prefeitura, que incluiria ainda a criação uma Comissão Permanente de Avaliação de Bens Imóveis no município (Copad).

Ela teria, dentre outras finalidades, a avaliação de imóveis pertencentes ao patrimônio público municipal passíveis de venda, doação, permuta ou dação em permuta em pagamento;  avaliação de áreas urbanas remanescente de obra pública ou resultantes de modificação de alinhamento e ainda avaliação imóveis para fins de desapropriação.

Melhor prestação de serviços

Para Janderson Brito, que também é corretor de imóveis, essa é uma oportunidade de valorizar uma categoria profissional tão importante, considerando, sobretudo, o fato de Cabedelo ser dentro da Região Metropolitana da Grande João Pessoa, um dos mais municípios que mais cresce na cadeia produtiva da construção civil e do mercado imobiliário.

“Uma parceria como essa elevará cada vez mais o nível da prestação de serviços por ambas as partes”, afirmou.

Por sua vez, Márcio Silva, destacou a necessidade e importância das iniciativas, que passam pela valorização dos corretores de imóveis, lisura das negociações e também de avaliações que independam de questões político-partidárias e sejam feitas de forma técnica, coerente e responsável, por profissionais capacitados.

Discrepância no valor de avaliações

“Suscitaremos esse debate na Câmara Municipal, para que encontremos soluções seja através de Projeto de Lei ou Decreto, pois hoje há negociações com um valor “x” que na hora da avaliação passam a ter outro discrepante e o Creci-PB tem valiosa contribuição no equacionamento desses problemas”, declarou.

Ele acrescentou que os corretores de imóveis são as pessoas que mais contribuem para a efetivação dos negócios imobiliários e nada mais justo que lhes seja oferecido atendimento diferenciado para agilidade dos serviços.

O presidente Rômulo Soares agradeceu o empenho dos parlamentares e do coordenador da Coapin, Isaías Batista, que os acompanhou e externou a satisfação com os primeiros frutos que estão sendo gerados dessa parceria.

“É o prenúncio de outras iniciativas que pretendemos tornar realidade, a exemplo da criação da Comissão de Desenvolvimento Urbano e da Comissão de Prerrogativas e das Mulheres do Creci-PB, para fomentar a participação dos corretores e corretoras de imóveis da cidade, colaborando com o Conselho, a categoria e o mercado imobiliário da região”, concluiu.

Repórter PB

Destaques