Cinep

Governo assina contrato com uma das três maiores empresas fabricantes de esquadrias de alumínio do Brasil

O empreendimento será construído em um terreno de 100 mil m².

O Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), assinou, nesta segunda-feira (3), um contrato para implantação da Alumasa Indústria de Alumínio e Plástico. A empresa catarinense, uma das três maiores fabricantes de esquadrias de alumínio do Brasil e que já está em fase de instalação no município de Ingá, decidiu ampliar os seus negócios no Estado da Paraíba, expandindo o seu projeto para o município de Caaporã, com uma unidade ainda maior, já em janeiro de 2021. O empreendimento será construído em um terreno de 100 mil m².

Em seu programa semanal, “Fala, Governador”, transmitido por uma cadeia estadual de rádios, o governador João Azevêdo fez o anúncio da nova instalação de uma unidade fabril na Paraíba. “Nós estamos mostrando ao povo da Paraíba que, mesmo diante da pandemia e da dificuldade econômica que o país atravessa, estamos oferecendo as condições para receber novas empresas, gerando emprego no nosso Estado. Eu fico muito feliz por isso e sempre digo para cada empresário e industrial que quer vir para a Paraíba que os projetos que eles nos apresentam passam a ser nosso também a partir do momento que os conhecemos, pois vamos buscar essas instalações”, destacou.

“Mais um importante trabalho de atração de investimentos para o nosso estado, posicionando-o positivamente na região Nordeste como centro estratégico para indústrias que querem atuar nesse mercado regional”, avaliou, por sua vez, Rômulo Polari, diretor presidente da Cinep.

De acordo com a Alumasa, a nova unidade da Paraíba investirá no estado cerca de R$15 milhões, terá um faturamento anual de R$ 60 milhões e irá gerar 150 empregos diretos e 50 indiretos aos paraibanos. A sede de Caaporã irá produzir mensalmente cerca de 215 mil produtos, entre eles esquadrias de alumínio, escadas de alumínio e produtos de plásticos. Já a unidade do município de Ingá ficará com a parte de extrusão e de pintura de perfis de alumínio. Com essa nova unidade, a Alumasa irá atender o Norte, Nordeste e parte das regiões Sudeste e Centro-Oeste.

Segundo Leandro Spricigo, supervisor de Controladoria da Alumasa, todos que formam a empresa estão felizes com mais uma conquista na Paraíba. “A gente está muito feliz com esse novo passo que estamos dando. Só temos a agradecer ao estado da Paraíba, em especial ao governador João Azevêdo que sempre nos recebeu de braços abertos. Esperamos que em 2021 possamos já começar a colher grandes resultados”, afirmou Leandro.

A Alumasa Indústria de Alumínio e Plástico foi fundada em 1986 no município de Urussanga, em Santa Catarina. Começou produzindo esquadrias de alumínio e ao longo dos anos aumentou a sua atuação, passando também a fabricar perfis de alumínio e escadas de alumínio e produtos de plástico. Além da matriz no estado catarinense, a empresa escolheu a Paraíba para implantar duas novas unidades, uma no município de Ingá e em breve outra em Caaporã.

Com mais de 30 anos de atuação no mercado, a empresa atualmente está entre as três maiores fabricantes de esquadrias de alumínio do país.

Os produtos da empresa são utilizados em diversos ramos industriais como metalúrgica, mecânica, energias renováveis, implementos rodoviários, moveleira e construção civil. A Alumasa está presente, por meio de seus representantes, em 24 estados brasileiros, Argentina, Uruguai, Paraguai e está abrindo mercado em outros países.

Repórter PB

Destaques