Senai

Indústrias podem indicar 46 mil funcionários e futuros contratados para capacitação gratuita

A iniciativa tem como objetivo promover a geração de emprego e o incremento da produtividade

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) vai qualificar profissionais desempregados para que possam voltar ao mercado de trabalho e requalificar trabalhadores da indústria. A iniciativa tem como objetivo promover a geração de emprego e o incremento da produtividade.

O programa Emprega Mais, uma parceria do Ministério da Economia com o SENAI, aposta na requalificação e na inserção profissional conectadas às demandas do setor produtivo. Até abril, serão 46 mil vagas em cursos de qualificação e de aperfeiçoamento profissional, presenciais e semipresenciais, com carga horária de 120 e 240 horas, para requalificação e qualificação, respectivamente. 

Os cursos oferecidos em 26 estados estão focados no desenvolvimento de competências socioemocionais e no aperfeiçoamento das habilidades da força de trabalho das empresas, além da preparação dos desempregados para ingresso no mercado de trabalho. 

“Nosso grande desafio é melhorar a empregabilidade. Tanto manter o emprego de quem está trabalhando, como inserir no mercado de trabalho aqueles que estão desempregados”, explica o gerente executivo de Educação Profissional e Tecnológica do SENAI, Felipe Morgado.

Empresas de todos os portes podem participar

As micros, pequenas e médias empresas (até 499 empregados) podem aderir ao programa em duas modalidades - Emprega Mais Voucher Requalifica e Emprega Mais Voucher Novo emprego - indicando funcionários para requalificação ou qualificando novos profissionais. 

Já as grandes empresas podem aderir apenas à modalidade qualificação de desempregados (Emprega Mais Voucher Novo emprego). O número de vouchers varia de acordo com o porte da empresa e o número de vagas disponíveis no SENAI. O cadastro deve ser feito na Loja Mundo SENAI, em “para empresa”. As ofertas de cursos serão feitas pelas escolas do SENAI em cada cidade ou região (confira o quadro abaixo). 

Habilidades socioemocionais

Nas duas modalidades do programa, trabalhadores e desempregados serão capacitados em habilidades socioemocionais, as chamadas soft skills. Eles terão acesso a cursos do SENAI criados recentemente dentro do esforço feito pela instituição em estar à altura das transformações da indústria 4.0.

“A gente considera esse processo fundamental, porque passa por um resgate da autoestima da pessoa, fazendo ela se enxergar como profissional e a fortalecendo para voltar ao mercado”, justifica Morgado.

Se você, pessoa física, deseja se inscrever nos cursos gratuitos disponíveis, acesse Loja Mundo SENAI, “Para você”, selecione o seu estado e procure no campo “cursos gratuitos”, as ofertas feitas pelas empresas participantes do programa.


Agência CNI de Notícias

Repórter PB

Destaques