regras

Novas regras para retirar a CNH entram em vigor nesta segunda; conheça as mudanças

As alterações estão de acordo com resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e envolvem também novas regras como alteração de aulas noturnas

A partir desta segunda-feira (16) vão começar a ser aplicadas as novas regras para formação de condutores. As mudanças vão desde o uso do simulador em aulas, até novos preços para tirar a primeira CNH.

As alterações estão de acordo com resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e envolvem também novas regras como alteração de aulas noturnas, na carga horária e no curso prático.

Além disso, haverá mudanças para tirar habilitação de condução de ciclomotores, as chamadas “cinquentinha”. Confira as principais alterações, os documentos necessários para emitir a CNH e como fica agora o valor do processo para tirar a primeira habilitação. Confira as principais mudanças:

Simulador

Com a nova norma, não será mais necessário usar o simulador para adquirir uma carteira da categoria B, sendo que agora, o candidato poderá escolher realizar até cinco horas/aula em simulador. Mas, este deve estar disponível na autoescola. Essas simulações deverão ser feitas antes das aulas práticas.

Aulas noturnas

Tanto para a categoria “A” quanto para categoria “B”, a exigência das aulas noturnas cairá para carga horária de 1 hora prática. Antes, esse valor era correspondente a 20% sobre o total da carga horária.

Curso prático

Como mencionado anteriormente, o uso de simulador se torna opcional. Com isso, a carga horária prática para adquirir a categoria “B”, corresponde a 20 horas mínimas de aula. Mas, caso o candidato opte por fazer a simulação, essa carga horária cai para 15 horas mínimas.

Ciclomotores

A carga horária para obter habilitação de ciclomotores (cinquentinha), também foi reduzida. Será obrigatório cumprir, no mínimo, 5 horas de aulas práticas. No teste, poderá ser utilizado veículo da própria autoescola ou do candidato.

Com o objetivo de facilitar na hora de conseguir a Autorização para Conduzir Ciclomotores, 12 meses após a nova regra, os candidatos podem optar por não realizar aulas, apenas exames. Em caso de reprovação, será necessário aulas práticas.

 

Repórter PB

Destaques