João Pessoa

Empasa recebe Ceasas Brasileiras em visita técnica e deve sediar primeira reunião de 2019

Participaram da visita técnica a Empasa da Paraíba

A rotina nas Centrais de Abastecimento no Brasil é praticamente a mesma, mas cada uma tem suas peculiaridades regionais na comercialização de hortifruti, como o entreposto da Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (ex-Ceasa), com sede em João Pessoa, que recebeu a visita técnica de todos os gestores das Ceasas do país, nessa quarta-feira (5), como parte da programação de um encontro nacional que acontece em Recife, organizado pela Associação Brasileira das Centrais de Abastecimento (Abracen).

Na abertura da visita técnica em João Pessoa, o presidente da Empasa, José Tavares Sobrinho, em recepção aos dirigentes e técnicos de Ceasas, falou da satisfação em recepcionar e trazer os representantes do setor, que diariamente passam por desafios na gestão do mercado atacadista de hortifruti, mas o diálogo e a busca de novos conhecimentos são imprescindíveis para a superação deles.

Ainda na oportunidade, Tavares lançou a Paraíba como candidata ao primeiro encontro nacional com dirigentes de Ceasas brasileiras, já no início do primeiro semestre do próximo ano, e ainda falou da iniciativa em buscar parcerias na esfera federal com órgãos como o Ministério da Agricultura e a Conab.

Como parte da programação em João Pessoa, o grupo de gestores foi recebido pelo Grupo de Danças Folclóricas do Sesc-PB, que apresentou o xaxado em suas coreografias. Também houve uma visita técnica aos galpões de comercialização da Central de Abastecimento no Cristo com a troca de experiências, entre outros.

Para a gestora das Centrais de Abastecimento do Pará, Bianca Pamplona Ribeiro, única mulher a gerir uma Ceasa no país, o encontro com todas as Ceasas é sempre um grande aprendizado com a troca de experiências, na qual se tem a oportunidade de compartilhar os gargalos e vivências do setor. “Nesse encontro temos uma conotação de despedida, mas fecho esse ciclo de forma positiva”, comentou.

O presidente da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), Johnni Hunter Nogueira, disse que o encontro é de extrema importância, pois é uma forma de conhecer a realidade das Ceasas brasileiras, a fim de garantir a segurança alimentar do país e levar ao conhecimento da nova ministra, que toma posse no próximo ano.

Durante a visita técnica na Paraíba, os presidentes das Ceasas tiveram um alinhamento no sentido de propor a nova ministra da Agricultura o cumprimento de resolução normativa por todas as Centrais de Abastecimento, em vigor há mais de dois anos, que trata do acondicionamento de hortifruti em caixas plásticas higienizadas nas Ceasas brasileiras, mas que vem sendo cumprida apenas nos entrepostos de Pernambuco e Minas Gerais. “A medida vai ajudar na redução do desperdício e na melhoria da qualidade dos hortifrutigranjeiros”, lembrou o presidente da Empasa, José Tavares Sobrinho.

Participaram da visita técnica a Empasa da Paraíba, os dirigentes e técnicos de Ceasas de Maranhão, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Pará, Santa Catarina, São Paulo, Campinas, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Goiás.

Repórter PB

Destaques