João Pessoa

Alunos da rede estadual de ensino utilizam game para estimular pensamento lógico

O projeto de extensão “Uso do Minecraft como abordagem educativa” foi desenvolvido por professores e alunos dos campi I e IV da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Cerca de 60 alunos das turmas do 6º e 7º ano do Ensino Fundamental II da Escola Estadual de Ensino Fundamental Professora Maria Bronzeado Machado, em João Pessoa, participam de atividades lúdicas para desenvolver o pensamento lógico por meio de um jogo de computador chamado ‘Minecraft’. O projeto de extensão “Uso do Minecraft como abordagem educativa” foi desenvolvido por professores e alunos dos campi I e IV da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), e está sendo executado em parceria com a Secretaria do Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia.

A iniciativa, criada pela discente do mestrado em Matemática Computacional na UFPB Karine Heloise e coordenada pelos professores da UFPB Sérgio de Carvalho e Andrea Rocha, utiliza o game para o ensino de lógica de programação em blocos e pensamento computacional, além de melhorar o aprendizado de Matemática e raciocínio lógico dos alunos.

Apesar de o computador ser o principal instrumento de aplicação do projeto, também são utilizadas atividades off-line, como traçar rotas e exercícios com intuito de estimular o raciocínio lógico e o pensamento computacional.

O projeto acontece desde 2018 e as instruções ficam a cargo da mestranda da UFPB Karine Heloise e de mais sete alunos de graduação, que auxiliam os alunos da escola sempre às sextas-feiras, durante 45 minutos. Maria Elizabete da Silva, vice-diretora da EEEF Professora Maria Bronzeado Machado, revelou que os dias de instrução são os mais aguardados pelos estudantes.

“Nossa escola tem laboratório de informática e, com esses estudantes da UFPB, os alunos descobriram que podem usar, inclusive com jogos, essa ferramenta para estudar e se desenvolverem. É o dia mais aguardado da semana, a sexta, para o encontro com o pessoal da extensão da UFPB e a utilização do Minecraft”, disse a gestora.

Reconhecimento – As formações aos alunos da Rede Estadual de Ensino foram reconhecidas nacionalmente durante o Congresso Nacional de Educação, que aconteceu em Fortaleza, no Ceará, no ano de 2019. Além disso, os integrantes foram convidados a ministrar um minicurso para alunos de graduação em Matemática do campus IV da UFPB, em Rio Tinto.

Repórter PB

Destaques