Cultura

Estudantes participam do Encontro Estadual do Projeto Se Sabe De Repente

Encontro é a culminância das atividades desenvolvidas em mais de 200 escolas estaduais da Paraíba

A Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia (SEECT) realizou, nesta quinta-feira (19), o Encontro Estadual do Programa "Se Sabe De Repente", com a participação dos estudantes de João Pessoa, Campina Grande, Mamanguape e Guarabira, no Centro de Formação de Educadores Professora Elisa Bezerra, no bairro de Mangabeira. O Encontro é a culminância das atividades desenvolvidas em mais de 200 escolas estaduais da Paraíba, e contou com apresentações de grupos de dança, música, desfile, entre outras atividades culturais trazendo alusão ao ano cultural Jackson do Pandeiro.

Os Encontros Regionais começaram no mês de agosto nas cidades de Patos, Monteiro, Sousa e Itabaiana, finalizando nesta quinta-feira em João Pessoa com o Encontro Estadual, contando, em todos os encontros, com a participação de mais de mil alunos das 14 Gerências Regional de Educação.

As apresentações nos Encontros foram baseadas nas temáticas que o Projeto trabalhou em 2019, envolvendo estudo, discussão e ação em quatro módulos, um para cada bimestre: 1º- Garantia de Direitos, Democracia e Cidadania; Educação Social e Emocional; 2º- Sustentabilidade e educação para o consumo sustentável e trânsito; Educação Social e Emocional; 3º- valorização da diversidade e respeito aos direitos humanos: Sexualidade e Concepção de Juventudes; Educação Social e Emocional e 4º- Educação para as relações Étnico-raciais: respeito, valorização e Diversidade étnico-racial.

O Projeto de Apoio à Expressão Juvenil - “Se Sabe De Repente” é realizado nos contra turnos das aulas dos estudantes de ensino médio e dos anos finais do Ensino Fundamental, por meio de oficinas temáticas, interações culturais, implementação de grêmios estudantis e construção do plano de Ação de Juventude, com o intuito de estimular o posicionamento e troca de experiências dos jovens.

Segundo o diretor executivo de Desenvolvimento Estudantil da SEECT, Tulhio Serrano, “o projeto foi desenvolvido em mais de 200 escolas este ano, contemplando mais de 10 mil estudantes. Esse Encontro também é para consolidar o Se Sabe de Repente como projeto de protagonismo juvenil na execução de políticas públicas de educação em direitos humanos e cidadania, que são os eixos que a gente vem trabalhando com o projeto na rede pública estadual”, falou.

A secretária executiva da Juventude, Pricilla Gomes, parceira do projeto, ressaltou a importância da realização. “O projeto "Se Sabe De Repente" vem trabalhando o protagonismo juvenil na escola, fazendo com que os estudantes façam parte da construção do processo escolar, trabalhem os temas transversais e possam contribuir para a comunidade deles. A gente vê como positiva as ações do projeto porque, além do protagonismo juvenil, trabalha a participação, a democracia, o respeito, o companheirismo, e o coletivismo. A Secretaria de Juventude sempre está apoiando, a fim de fortalecer o ‘Se Sabe De Repente’, disse.

Para a estudante Nadjalin Batista, da Escola Estadual Indígena de Ensino Fundamental e Médio Pedro Poti, da Baía da Traição, que realizou apresentação cultural no evento, “o projeto trouxe uma experiência única porque resgatou a cultura, valorizando quem nós somos, promovendo um progresso no meu processo educacional”, contou.

Repórter PB

Destaques