SEECT

Professores apresentam práticas exitosas em alusão ao Dia Estadual de Combate ao Tabagismo

O trabalho dentro da sala de aula foi desenvolvido de 11 a 15 de março

Em alusão ao Dia Estadual de Combate ao Tabagismo, 15 de março, a Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia (SEECT), em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde, realizou, na manhã desta sexta-feira (15), a culminância das práticas exitosas desenvolvidas em sala de aula sobre o tabagismo. A ação aconteceu na Escola Estadual de Ensino Fundamental Maria de Fátima Souto, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, e contou com palestras, apresentação de peças teatrais, paródia, cartazes e peça com fantoche.

No turno da tarde, a partir das 14h, as apresentações das atividades aconteceram na Escola Estadual de Ensino Fundamental Padre Hildon Bandeira, no bairro da Torre. Além das práticas exitosas da escola, os estudantes assistiram a peça teatral: "Existe sempre uma esperança no fundo do poço", apresentada pelos alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental Argentina Pereira Gomes.

A ação foi realizada por meio da Lei 10.882, que estabelece a realização de atividades escolares e culturais de combate ao tabagismo na rede estadual de ensino. Os órgãos participantes do evento fazem parte do Comitê de Tabagismo da Associação Médica, que deliberou a divulgação da realização das atividades para todas as Escolas das 14 Gerências de Ensino. O trabalho dentro da sala de aula foi desenvolvido de 11 a 15 de março.

Também participaram do evento a Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa), Programa Saúde na Escola da SEECT (PSE) e a equipe da Escola Cidadã Integral Nicodemos Neves, do bairro Funcionários.

Segundo a coordenadora do Programa Tabagismo, Gerlane Carvalho, a importância desse projeto realizado nas escolas é a prevenção. “Nós trabalhamos com o programa de tabagismo no Estado, que é para o tratamento, e também com a questão da prevenção. No nosso núcleo de agravos não transmissíveis temos o Programa do Tabagismo, e no Comitê definimos quais as atividades, palestras e ações nessas datas pontuais, o que deve ser feito pelo comitê”, disse.

O professor de História, Alexandre Rodrigues Rodriguês Jó, da Escola Cidadã Integral Nicodemos Gomes, apresentou com os alunos uma peça com fantoches: ‘Os malefícios do Tabagismo: apague esse mal da sua vida’. “A nossa proposta foi fazer uma peça com fantoches abordando esse tema, que é sério, de uma forma divertida, até porque é para um público jovem. Os alunos receberam essa atividade de uma forma muito positiva, esse projeto com a utilização de fantoches atraiu os alunos para o tema”, contou.

A estudante do 8º ano, Hellen Crystinni Xavier, ressaltou a importância das atividades. “Eu achei interessante porque incentiva muito as pessoas a não fumar, o projeto fala sobre doenças que o cigarro pode causar, alertando também quem fuma. Fizemos cartazes informando as substâncias. Aprendi muitas coisas sobre o tabagismo, inclusive, o meu avô já fumou e perdeu um pulmão por causa disso. Minhas atividades envolveram meus familiares, com a ajuda da minha mãe e conversas com o meu avô”, falou.

Repórter PB

Destaques