Centro Cultural

Músicos de cinco gerações do Ceará foram aplaudidos no CCBNB de Sousa, no show "Futuro e Memória"

A turnê, que contou com apoio do Banco do Nordeste, através do edital de cultura do CCBNB, começou por Fortaleza no sábado, 1/12, e também promoveu oficinas nas três outras cidades por onde passou.

A turnê do show "Futuro e Memória - Grandes Nomes da Música do Ceará", que reuniu nada menos do que 17 músicos cearenses, passando por Nova Olinda, Sousa-PB e Juazeiro do Norte, foi encerrada na última sexta-feira, no Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri, em Juazeiro, com muitos aplausos para Rodger Rogério, Téti, Kátia Freitas, Davi Duarte, Calé Alencar, Edmar Gonçalves, Gilmar Nunes, Rogério Franco e grandes instrumentistas.

Em cada cidade o grupo, formado também pelos instrumentistas Robson Gomes (piano e acordeom), Luciano Franco (contrabaixo e piano), Anfrísio Rocha (guitarra e viola de 12), Paulinho Santos (bateria) interpretou canções do disco "Futuro e Memória", que está sendo lançado, além de clássicos da música cearense. E recebeu convidados mais do que especiais, como Abidoral Jamacaru (que acaba de completar 70 anos e está lançando um novo disco), Ibbertson Nobre (piano e acordeom) e Saul Brito (bateria) no show de Juazeiro do Norte, e Sócrates Gonçalves, irmão de Edmar, no show no Centro Cultural Banco do Nordeste em Sousa-PB.

A turnê, que contou com apoio do Banco do Nordeste, através do edital de cultura do CCBNB, começou por Fortaleza no sábado, 1/12, e também promoveu oficinas nas três outras cidades por onde passou. Em Nova Olinda, na Fundação Casa Grande, onde o grupo se apresentou no belíssimo Teatro Violeta Arraes, Edmar Gonçalves realizou uma oficina de pintura, para crianças e jovens, com o tema "Cores Quentes e Cores Frias".

Em Sousa-PB, o compositor e produtor cultural Dalwton Moura ministrou oficina sobre produção de projetos musicais, a partir do "case" do projeto Jazz em Cena, realizado regularmente no CCBNB Fortaleza. Em Juazeiro, o grupo promoveu uma Roda de Conversa, reunindo Rodger Rogério, Téti, Kátia Freitas, Davi Duarte, Calé Alencar, Edmar Gonçalves, Gilmar Nunes, Rogério Franco, Abidoral Jamacaru e Ibbertson Nobre, discutindo o tema "A Música do Ceará Ontem e Hoje: pontes, desafios e possibilidades entre Fortaleza e Cariri".

Encontros, música e emoção

Além da música, a turnê foi marcada por muitos encontros, descobertas, amizades, canções, emoções. No Teatro Violeta Arraes, em Nova Olinda, sentimentos à flor da pele, com crianças e jovens da cidade sendo os técnicos e produtores do show, além de seus pais como anfitriões de cada artista, abrindo as portas de suas casas e o calor de seus braços, abraços, sorrisos. A plateia saudou as canções do disco "Futuro e Memória" e clássicos como "Coca-colas e iguarias" (Valdo Aderaldo, na voz de Kátia freitas), "O que eu queria" (Davi Duarte, com ele), "Chão sagrado" (Rodger Rogério/Belchior, com Téti) e "Em cima do tempo" (Edmar Gonçalves/Marcos Lupi, na voz de Edmar).

Após um delicioso jantar preparado com todo o cuidado pela equipe da Casa Grande, uma roda de violão com músicas inéditas de cada artista participante fechou a noite de forma memorável, reforçando ainda mais o sentimento de congraçamento, união e entusiasmo do grupo. Canções de sobra para muitos discos mais.

Caravana cearense na Paraíba

Da cidadezinha do Cariri cearense o grupo seguiu na quinta, 6/12, para Sousa, na Paraíba, terra dos dinossauros, para um show muito aplaudido no Centro Cultural Banco do Nordeste, com Maycon Carvalho, Murilo Albuquerque Custódio e toda a equipe da instituição. Entre muitos elogios, houve até quem dissesse que foi o melhor show do ano no lindo teatro do sertão paraibano.

Independentemente de qualquer comparação, ficou claro que o público compreendeu logo de cara o significado daquele momento, de reunião de tantos artistas, representantes de cinco gerações da música do Ceará. Com direito a muita chuva após o show, com os fortalezenses fazendo chover no sertão. E a lindas caricaturas dos músicos, assinadas por Sócrates Gonçalves, convidado especial da apresentação no sertão paraibano.

Retornando ao Ceará, o último show aconteceu na sexta-feira, 7/12, no CCBNB Cariri, em Juazeiro do Norte, onde o grupo foi recebido por Ricardo Pinto, Janiele Rocha, Sinésia Ventura e toda a equipe, para uma noite que pediu corações fortes. Afinal, realizava-se o sonho, alimentado há muitos anos, de unir esses grandes nomes da música de Fortaleza, na mesma roda de conversa e no mesmo show, com mestres da música do Cariri, como Abidoral Jamacaru e Ibbertson Nobre, além do jovem e talentoso batera Saul Brito.

A voz de Abidoral e o piano de Ibbertson levaram às lágrimas os cantores e compositores e foram premiados com muitos, muitos aplausos. Abidoral também dividiu os vocais do maracatu "Vida-sol", de Rogério Franco e Dalwton Moura, com Calé Alencar. Ibbertson tocou o fox "Uma canção a mais" com Rodger Rogério e o baião "Reinvenção" com a cantora Téti.

Ao final, muitos agradecimentos. Foi uma noite de reencontros, de emoção para quem sempre escutou o trabalho desses intérpretes e compositores e pôde celebrar a alegria de vê-los no palco pela primeira vez. E de pertinho, após o show, no animado palco da Cantina Zé Ferreira/Cine Eldorado, aonde Janinha Brito e Heliane Germano, moradoras do Cariri e fãs da música do Ceará, conduziram o grupo, para "canjas" de Rodger Rogério, Kátia Freitas, Davi Duarte, Rogério Franco, passando em revista clássicos da música brasileira e também revisitando composições próprias- algumas cantadas novamente após bastante tempo.

O poder do encontro

A enorme potência da música e dos músicos do Ceará foi mais uma vez comprovada ao longo de uma viagem tão intensa quanto transformadora. Ninguém volta como partiu. O simples fato de esses grandes representantes da nossa música estarem juntos, compartindo sonhos, canções, visões, abraços, memórias e desejos para um futuro breve, torna os espetáculos especiais. Tudo em nome da música, da amizade, do reconhecimento mútuo e da certeza de que muito, mas muito se pode fazer a partir das múltiplas possibilidades abertas com esse encontro.

Disco em todas as plataformas

O disco "Futuro e Memória" pode ser escutado e baixado na íntegra, gratuitamente, no site www.futuroememoria.com e em todas as plataformas digitais. Os clipes de "Mais que sonhar" e "Reinvenção" podem ser assistidos no Youtube, com as músicas, respectivamente, nas vozes de Kátia Freitas e Téti. O disco físico pode ser adquirido através do site ou de mensagem inbox no Facebook Futuro e Memória.

Repórter PB

Destaques