Inovação: Projeto italiano quer criar Museus Vaticanos em 3D; Veja

Grupo digitalizou enorme áres que compreende museus por 4 anos

Um inovador projeto para criar uma versão em três dimensões dos patrimônios dos Museus Vaticanos foi apresentado nesta quarta-feira (7) em Roma, na Itália, Na ocasião, foram apresentados os levantamentos georreferenciados, ou seja, as coordenadas, sobre as históricas heranças das estruturas. Isso será útil para a catalogação e a gestão destes patrimônios artísticos.

A digitalização e a modelagem em 3D das áreas expostas dos Museus Vaticanos foram realizadas pela empresa Archimede Art, que digitalizou cerca de 170 mil metros quadrados da renomada instituição cultural da Santa Sé.

"Tradição e inovação sempre estiveram aqui nos Museus Vaticanos, com inovação que sempre foi uma prerrogativa e ainda é válida hoje. Levou quatro anos para documentar todo o museu para tem um mapeamento universal de tudo", disse Barbara Jatta, diretora dos Museus Vaticanos.

Os espaços digitalizados foram os museus Etrusco Gregoriano, Chiaramonti, Braccio Nuovo, Pio Clementino, Stanze di Raffaello, Capela de Nicolina, Torre dei Borgia, Cortile della Pigna, Scala del Bramante, e por fim, a Capela Sistina. (ANSA)

Repórter PB
Repórter PB

Comentários

Aviso legal: Todo e qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB , não reflete a opinião deste site ou de seus autores e são de inteira responsabilidade dos leitores que publicarem.

Destaques