Sousa/PB -
Investigação

PF deflagra a Operação Nero II para combater atos criminosos praticados contra instituições públicas

Estão sendo cumpridos quatro mandados judiciais de busca e apreensão, expedidos pelo STF, em Rondônia, São Paulo e Distrito Federal.

Da Redação Repórter PB

29/02/2024 às 11:00

Imagem Operação Nero II deflagrada pela PF

Operação Nero II deflagrada pela PF ‧ Foto: Divulgação

Tamanho da fonte

A Polícia Federal deflagra, na manhã desta quinta-feira (29/2), a segunda fase da Operação Nero. O objetivo é aprofundar as investigações para a identificação dos envolvidos na tentativa de invasão ao Edifício-Sede da Polícia Federal, no dia 12/12/2022, e de dano e incêndio generalizados em face do patrimônio público e privado.

Na ação, estão sendo cumpridos quatro mandados judiciais de busca e apreensão, expedidos pelo Supremo Tribunal Federal, em Rondônia, São Paulo e no Distrito Federal.

No dia em questão, os suspeitos tentaram invadir a sede da Polícia Federal com o objetivo de resgatar um indivíduo detido pela instituição, naquela data. Além disso, os indivíduos iniciaram uma série de atos de vandalismo em Brasília/DF, incluindo a depredação da 5ª Delegacia de Polícia Civil e incêndios provocados em ônibus coletivos e veículos particulares.

Os crimes objetos da apuração são de dano qualificado, incêndio majorado, associação criminosa, abolição violenta do Estado Democrático de Direito e golpe de Estado, cujas penas máximas somadas atingem 34 anos de prisão.

Fonte: Repórter PB

Ads 728x90

QR Code

Para ler no celular, basta apontar a câmera

Comentários

Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.