PF na Rua: Lava Jato mira esquema no sistema carcerário do Rio

Autoridades cumprem 9 mandados de prisão temporária e 5 de preventivas

Oficiais da Polícia Federal, do Ministério Público Federal e do Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro cumprem, na manhã desta terça-feira (13), 14 mandados de prisão (9 temporárias e 5 preventivas) no âmbito da Operação Lava Jato.

O alvo, segundo o G1, são pessoas ligadas à Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), como o ex-secretário coronel César Rubens Monteiro de Carvalho e o delegado Marcelo Martins, atualmente no comando da diretorial geral de Polícia Especializada.

De acordo com o MPF, cerca de R$ 73 milhões foram desviados por meio do pagamento dobrado do pão fornecidos aos presos, com um contrato pelo fornecimento do pão e outro para a compra de ingredientes.

As acusações são de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, corrupção, peculato e fraude de licitação. Com Notícias Ao Minuto

Repórter PB
Repórter PB

Comentários

Aviso legal: Todo e qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB , não reflete a opinião deste site ou de seus autores e são de inteira responsabilidade dos leitores que publicarem.

Destaques