Trabalhadores dos Correios entram em greve nesta segunda-feira (12)

Categoria pede a manutenção dos direitos e melhores condições de trabalho; ainda não se sabe quanto o serviço pode ser prejudicado

Categoria pede a manutenção dos direitos e melhores condições de trabalho; ainda não se sabe quanto o serviço pode ser prejudicado

Em uma nota divulgada nesta sexta-feira (9), o Sindicato dos Trabalhadores na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Sintect-RPO) informou que, entre os motivos da greve, está o descumprimento, por parte dos Correios, de um acordo coletivo firmado em 2017, que previa que os funcionários não pagassem o plano de saúde, que também incluía os pais.

"Na época foi acordada a manutenção da isenção até o final de julho deste ano. No entanto, a empresa já busca na Justiça a quebra desse acordo. Além de os funcionários terem que pagar do próprio bolso pelo convênio, a empresa também não vai assumir o pagamento para os pais deles ", afirma a nota.

Outro ponto que é alvo de reclamações por parte da categoria são as más condições de trabalho. Segundo o Sindicato, além dos carros com pneus carecas, existem bicicletas com bancos quebrados, motos com quilometragem exagerada, uniformes velhos, protetor solar vencido e falta de equipamento de proteção individual.

Repórter PB
Repórter PB

Comentários

Aviso legal: Todo e qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB , não reflete a opinião deste site ou de seus autores e são de inteira responsabilidade dos leitores que publicarem.

Destaques