Eleição 2020

TRE confirma registro de candidatura do Prefeito Tyrone em Sousa, nesta segunda-feira

Na sessão virtual do TRE-PB, o Procurador Eleitoral, Rodolfo Alves, que já tinha dado seu parecer favorável ao registro de candidatura de Tyrone

Em sessão virtual realizada nesta segunda-feira 09/11, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), julgou improcedente o recurso eleitoral de autoria Coligação Sousa Grande, dos candidatos Leonardo Gadelha (PSC) e Myriam Gadelha (PSC), que pediu impugnação do registro de candidatura de Fábio Tyrone (Cidadania).


Através de seu voto, o juiz Márcio Maranhão Brasilino da Silva, afirmou que em harmonia com o Ministério Público Eleitoral (MPE), vota pelo desprovimento do recurso mantendo a decisão de primeiro grau (35º Zona Eleitoral), que deferiu o registro de candidatura de Tyrone.


Na sessão virtual do TRE-PB, o Procurador Eleitoral, Rodolfo Alves, que já tinha dado seu parecer favorável ao registro de candidatura de Tyrone, voltou a expressar que que não cabe à Justiça Eleitoral declarar o trânsito em julgado de decisão da Justiça Comum, independentemente do fato de as matérias discutidas no recurso serem apenas formais e impossibilitarem a rediscussão do mérito da causa. Sendo assim, o candidato do Cidadania poderá participar tranquilamente do pleito eleitoral do próximo domingo (15).


Na 35º Zona Eleitoral em Sousa, Tyrone já teve o parecer favorável para o registro de sua candidatura através do Ministério Público Eleitoral (MPE). Em seguindo, o juiz eleitoral, Agílio Tomaz, deferiu o registro de candidatura e ainda indeferiu o pedido de impugnação da coligação de Leonardo e Myriam. Portanto, essa é mais uma derrota jurídica dos candidatos da família Gadelha.

Repórter PB

Destaques