regional

Projeto Acolher do Hospital Regional de Sousa agora conta com a Utilização de Pulseiras para Identificação dos Pacientes

Além do acolhimento visando a Segurança do paciente é feita a colocação de pulseiras para a identificação dos Pacientes internos na Unidade

O projeto de acolhimento é definido como um dispositivo de humanização das práticas de saúde, através da disponibilidade da equipe de assistentes sociais do NIR para realizar uma fala prévia da internação que promova diálogo e compreensão aos usuários sobre sua permanência na Unidade Hospitalar , com o objetivo de proporcionar uma comunicação efetiva sobre as Características da unidade, orientação gerais e na oportunidade os acompanhantes são estimulados a levantarem dúvidas e questionamentos .


Além do acolhimento visando a Segurança do paciente é feita a colocação de pulseiras para a identificação dos Pacientes internos na Unidade.



A porta de entrada do Hospital Regional de Sousa utiliza o protocolo Manchester que consiste em uma técnica que otimiza o processo de atendimento. É um sistema de triagem fácil e prático, que organiza a sequência de atendimentos dos indivíduos que dão entrada na Unidade.

O sistema consiste em classificar os pacientes em quatro cores. Cada cor simboliza um nível, ou seja, uma condição em que o paciente se encontra ou a necessidade de atenção. As cores também indicam o tempo máximo de espera para o atendimento de cada paciente.

Confira abaixo as cores e o que cada uma delas significa:

* Vermelho: Emergência – risco eminente, o paciente corre risco de vida, precisa ser atendido imediatamente. O tempo máximo de espera é 0 minutos.

* Amarelo: Urgente –São caso menos graves do que o vermelho mas é necessário um atendimento o quanto antes. O tempo de espera é de até 60 minutos.

* Verde: Pouco Urgente – Casos pouco graves, o paciente pode esperar o atendimento ou pode ser encaminhado para outra instituição de saúde. O tempo de espera pode ser de até 120 minutos.

* Azul: Não é Urgente – casos de pouca complexidade, assim como os pacientes classificados como verde, pode esperar pelo atendimento ou podem ser transferidos para outra instituição de saúde. O tempo de espera é de até 240 minutos.

Para fortalecer e organizar e dar maior segurança ao serviço foi implantado a utilização das pulseiras por cores que caracterizam a gravidade de cada Paciente.

Repórter PB

Destaques