Debate

Wilson Filho se junta a deputados sertanejos na luta contra o fechamento de Vara do Trabalho em Cajazeiras

O fechamento da 17ª Vara do Trabalho, localizada no município, irá prejudicar, diretamente, 154 mil pessoas de 12 municípios da região.

Líder do blocão na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Wilson Filho irá se juntar a deputados que representam o Sertão paraibano, Jeová Campos, Júnior Araújo e Drª Paula na luta pelo não fechamento da vara de Cajazeiras da Justiça do Trabalho. O parlamentar lembrou que o momento é debate sobre a geração de renda e empregos na cidade e região, portanto, o fechamento de uma vara do trabalho iria na direção contrária do debate.

“Em um momento que estamos debatendo a criação da Zona Franca do Semiárido Nordestino que terá como sede Cajazeiras e o Alto do Sertão, a pauta é aumentar a renda, as oportunidades, criação de postos de trabalhos. Portanto, isso nos coloca obrigatoriamente contra esta decisão. Iremos trabalhar pelo não fechamento desta Vara do Trabalho que irá prejudicar certamente aqueles que precisam e irão precisar, mais ainda, com a geração de empregos que irá chegar na região certamente com a aprovação da PEC”, lembrou.

Os parlamentares estão se articulando para marcar uma audiência com o presidente Tribunal Regional do Trabalho na Paraíba (TRT-PB), desembargador Wolney Cordeiro, para tratar da questão.

O fechamento da 17ª Vara do Trabalho, localizada no município, irá prejudicar, diretamente, 154 mil pessoas de 12 municípios da região: Cachoeira dos Índios, Bom Jesus, São João do Rio do Peixe, Triunfo, Santa Helena, Bernardino Batista, Poço José de Moura, São José de Piranhas, Carrapateira, Monte Horebe e Bonito de Santa Fé.

Repórter PB

Destaques