jericó

Prefeito de Jericó tem contas desaprovadas, e condenação a devolver de R$ 1,186 milhão aos cofres Públicos

Claudeeide de Oliveira Melo, Prefeito do Município de Jericó no Sertão da Paraíba, teve suas contas, exercício 2017

Claudeeide de Oliveira Melo, Prefeito do Município de Jericó no Sertão da Paraíba, teve suas contas, exercício 2017, desaprovadas por unanimidade pelo Tribunal de Contas do Estado, sessão realizada no dia 27 de fevereiro de 2019.


Várias falhas contábeis foram apontadas pela Corte de Contas, entre elas: saldos não comprovados e fictícios.


Ainda foi imputado um débito para devolução aos cofres Públicos ao Gestor de Jerico na ordem de R$ 1.186.860,41 (um milhão, cento e oitenta e seis mil, oitocentos e sessenta reais e quarenta e um centavos), correspondente a 24.020,65 UFR-PB3 (vinte e quatro mil, vinte inteiros e sessenta e cinco centésimos de Unidade Fiscal de Referência do Estado da Paraíba), referente aos saldos não comprovados e fictícios.


Contra Claudeeide de Oliveira Melo, foi também imputado débito pessoal no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), correspondente a 101,19 UFR-PB.


Nesta quarta-feira (20) o TCE encaminhou a Câmara de Vereadores de Jericó, o Acórdão com o Parecer das Contas, exercício 2017, desaprovada do Gestor para apreciação do pleno do Poder Legislativo Mirim.

Repórter PB

Destaques