Decreto demite comissionado, reduz despesas, e corte de salário do prefeito de São José da Lagoa Tapada

Em um ato de responsabilidade e coragem, o prefeito do Município de São José da Lagoa Tapada, Sertão do Estado da Paraíba

Em um ato de responsabilidade e coragem, o prefeito do Município de São José da Lagoa Tapada, Sertão do Estado da Paraíba, Cláudio Antônio assinou nesta sexta-feira (29), o Decreto de nº 445/2017 que dispõe sobre medidas de limitação de empenho e movimentação financeira do âmbito da administração Municipal, relativas ao exercício de 2017.

A decisão é uma medida amarga, porém necessária mediante as consequências financeiras por quem passa o País, desequilibrando os municípios Brasileiros financeiramente, diz a consideração do Decreto.

Entre as medidas tomadas pelo prefeito Cláudio Antônio estão: limitações de empenho, e movimentação financeira de despesas e serviços, redução de cargos comissionados, mediante exoneração de pelo menos 25% dos atuais ocupantes, redução de 20% do pagamento do valor do subsidio do prefeito até o dia 31 de dezembro de 2017, redução de 20% das despesas de custeio da administração, além de serviços como: energia elétrica, comunicação, frotas de veículos leves e ônibus, abastecimento de água nos prédios públicos, e redução de 50% das horas extras, e outras medidas que estão inseridas no Decreto Administrativo, ficando as secretarias de finanças e administração e procuradoria responsáveis para cumprimento da meta estabelecida.

Repórter PB
Repórter PB

Comentários

Aviso legal: Todo e qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB , não reflete a opinião deste site ou de seus autores e são de inteira responsabilidade dos leitores que publicarem.

Destaques