Na Capital

Operação Alvorada prende suspeito de tentar assaltar farmácia

A operação foi uma demanda da população e vem acontecendo com frequência. A edição desta quarta mobilizou 676 policiais e 193 viaturas.

A ausência de casos de roubos logo na manhã, nesta quarta-feira (9), foi o principal resultado da 6ª Operação Alvorada, realizada pela Polícia Militar para prevenir e combater esse tipo de crime no horário, quando é grande a movimentação de pessoas que estão se deslocando para trabalhar ou estudar. A operação foi uma demanda da população e vem acontecendo com frequência. A edição desta quarta mobilizou 676 policiais e 193 viaturas.

Logo nos primeiros minutos de atuação, a operação frustrou um assalto a uma farmácia, no Retão de Manaíra, em João Pessoa, e prendeu o homem, que tem 30 anos, no momento em que ele estava ameaçando o caixa do estabelecimento. O suspeito foi flagrado com vários produtos escondidos na roupa e falou que tudo que fosse obtido no crime seria trocado por drogas.

Ainda na Capital, a operação começou ocupando os terminais dos ônibus e as integrações do Varadouro e Valentina, seguindo depois com a presença de policiamento a pé nos principais corredores urbanos. A Alvorada foi realizada também em Bayeux, Santa Rita, Cabedelo, Campina Grande e outros municípios.

Os trabalhos foram coordenados pelo próprio comandante-geral da PM, coronel Euller Chaves, que deve reunir os comandantes de Batalhões para avaliar os resultados das edições já realizadas e planejar novas operações. “É um trabalho dinâmico e contínuo, que busca justamente se antecipar às ações criminosas. Estaremos sempre atuando de forma surpresa, para evitar que os casos migrem para outros horários e áreas, com foco de sempre trazer mais segurança para a população”, comentou o coronel Euller.

A 6ª Operação Alvorada foi concluída às 8h da manhã, mas novas ações de segurança preventiva devem ser realizadas nas próximas horas.

Repórter PB

Destaques