Prisão

Polícia prende homem acusado do crime de “saidinha de banco” e roubo de malotes em várias empresas de João Pessoa

A prisão de “Neném” é o resultado de um trabalho da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio da Capital

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho investigativo da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (DCCPAT), prendeu em flagrante, na noite desta quarta-feira (10), José Nivaldo Claudino dos Santos, conhecido por “Neném”, 41 anos, pelo crime de porte de arma de fogo. A prisão aconteceu no bairro das Indústrias, em João Pessoa, onde também foi cumprido Mandado de Prisão expedido em desfavor de José Nivaldo pela Vara das Execuções Penais.

Segundo o delegado Braz Morroni, que presidiu as investigações, José Nivaldo Claudino dos Santos responde a cinco processos por roubo qualificado e confessou em interrogatório sua participação em crimes de “saidinha de banco” e assaltos a várias empresas da Capital com o roubo de malotes e grande quantidade de dinheiro.

“Dentre os crimes praticados pelo acusado estão o roubo de malote da empresa Frigelar em janeiro deste ano, com um volume de dinheiro que chegou a R$ 147.000,00; roubo ao malote do Supermercado Aquarius, em Jaguaribe, fato ocorrido na quarta-feira de cinzas deste ano, com valores na ordem de R$ 38.000,00; roubo a uma Distribuidora em Cruz das Armas, cujos valores chegam a R$ 70.000,00 e de onde também foi levada a arma de um policial militar”, esclareceu o delegado Braz Morroni.

A prisão de “Neném” é o resultado de um trabalho da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio da Capital, que “há mais de três meses vinha investigando situações que fizeram com que chegássemos ao acusado com êxito. Esse trabalho investigativo é ininterrupto e imprescindível para que possamos dar uma resposta à sociedade com rapidez e eficiência”, concluiu.

Repórter PB

Destaques