informática

POWER: TCE julga irregular licitação para compra de equipamentos de informática na Prefeitura de CG

A decisão do TCE aponta irregularidade no Pregão Eletrônico 0040/2021, cujo objetivo consistiu na formação de registro de preços para contratação de empresa

O Tribunal de Contas do Estado sobre a decisão publicada no D.O. desta terça-feira (07), que apresentou decisão do Processos TC 12431/21 julgado irregular para compra de Equipamento de informática pela Secretaria de Administração, sob a gestão do Secretário, Senhor Diogo Flávio Lyra Batista da Prefeitura Municipal de Campina Grande.

A decisão do TCE aponta irregularidade no Pregão Eletrônico 0040/2021, cujo objetivo consistiu na formação de registro de preços para contratação de empresa especializada no fornecimento de material de informática, de acordo com as demandas das Secretarias da Prefeitura, sob a condução do Pregoeiro, Senhor Lucas de Oliveira Meira.

Relatou,  o  denunciante,  que  a  empresa  TECMIX  TECNOLOGIA  COMÉRCIO  E  SERVICOS EIRELI foi beneficiada ao apresentar declaração falsa relativa à existência de tecnologia  desenvolvida  no  país,  referente  aos  produtos  por  ela  ofertados  na  licitação,  e  que  a  empresa  ARQUIMEDES AUTOMAÇÃO E INFORMÁTICA LTDA, após Recurso Administrativo, também foi  beneficiada para vender os itens 6, 7, e 8 da presente licitação, haja vista ter oferecido o mesmo  equipamento por um preço superior ao que foi ofertado pela denunciante, caracterizando que a licitação  não foi conduzida para se obter a proposta mais vantajosa para a Administração.

A Ouvidoria desta Corte de Contas opinou pelo recebimento da denúncia e sua instrução nos termos do RI/TCE/PB (fls. 30/32).

- CONHECER da denúncia ora apreciada e JULGÁ-LA PROCEDENTE

Repórter PB

Destaques