Capacitação

Bombeiros militares recebem capacitação para atuar em ocorrências envolvendo tentativas de suicídio

Durante o evento, o comandante geral do CBMPB, coronel Jair Carneiro de Barros, enfatizou que trabalhar essa temática é uma quebra de paradigma,

Integrantes do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) foram capacitados, na manhã desta quinta-feira (13), para atuar em eventuais ocorrências envolvendo tentativa de suicídio. As orientações foram dadas em palestras realizadas no Quartel do Comando Geral e fizeram parte das ações da corporação alusivas ao ‘Setembro Amarelo’ – mês de prevenção mundial ao suicídio.

Durante o evento, o comandante geral do CBMPB, coronel Jair Carneiro de Barros, enfatizou que trabalhar essa temática é uma quebra de paradigma, pois o tema ainda é visto como reservado, no ambiente familiar e na sociedade de forma geral. No entanto, segundo ele, como diz o slogan da campanha da instituição, é preciso conhecer os fatores psicológicos envolvidos e outros, para prevenir o suicídio.

O subtenente Luiz Alves dos Passos, que tem 28 anos de corporação, contou que já se deparou inúmeras vezes com ocorrências desse tipo, por isso considerou a discussão e capacitação proposta pela campanha de grande valia. “Traz uma visão e uma qualificação totalmente diferente para o bombeiro que atua na rua e encontra pessoas nessa situação vulnerável de querer tirar a própria vida”, comentou.

A capitã Aline Coeli, que também participou das palestras, destacou os tópicos relevantes que foram abordados e que irão ajudar os profissionais no atendimento de ocorrências. Entre eles, informações “sobre os tipos de tentantes, corretas abordagem - focando sobretudo o cuidado no momento da negociação. Aprendemos que é importante manter a sintonia com a pessoa, para que não percamos o vínculo e ela não venha realmente a cometer o suicídio”.

Aline contou, ainda, que já atendeu aproximadamente 15 ocorrências desse tipo, ao longo dos dez anos que tem de profissão. A campanha “Suicídio: conhecer para prevenir”, do CBMPB, tem o objetivo de orientar os bombeiros tanto de forma pessoal, como pessoas que dia a dia enfrentam situações de emergência e estresse e podem vir a sofrer de problemas psicológicos, como profissional – que é solicitado para ocorrências com tentantes.

Este ano, a corporação já foi acionada, via 193, para 94 casos desse tipo, enquanto em todo o ano de 2017 foram 128 ocorrências registradas no Estado.

Repórter PB

Destaques