Reunião

Trump aumenta pressão sobre a OTAN e pede reunião de emergência; Veja

Donald Trump quer que os países aumentem as contribuições para a organização

Donald Trump terá aumentado, na manhã desta quinta-feira (12), a pressão sobre os aliados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), para que aumentem as suas contribuições para a segurança.

Em várias publicações em sua conta pessoal no Twitter, o presidente dos Estados Unidos se queixa de pagar milhares de dólares para garantir a proteção da organização, enquanto países da Europa não o fazem.

"Todas nações da OTAN devem ter um compromisso de 2% e, em último caso, tentar chegar aos 4%", escreve.

Durante o encontro, o republicano teria ameaçado tomar decisões sérias caso esta situação não se altere, havendo quem diga que ele anunciou mesmo que poderia romper a ligação entre a OTAN e os EUA.

Esta informação não foi ainda confirmada, estando agendada para dentro de momentos uma conferência em que o presidente dos EUA explicará melhor a sua posição sobre este assunto.

Na sequência das exigências de Trump, os líderes da organização decidiram convocar uma reunião de emergência, ainda hoje, em Bruxelas, para discutir o assunto.

Repórter PB

Destaques