Cenário

SENAI e Energisa pretendem formar 80 novos especialistas em Redes de Distribuição de Energia Elétrica este ano

O SENAI da Paraíba através do Centro de Inovação e Tecnologia Industrial – CITI/CAM, em parceria com a Energisa têm investido na formação de profissionais para o setor.

O setor elétrico é um dos que mais cresce no Brasil.  De acordo com a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), entre 2005 e 2018, a capacidade instalada cresceu 70%, enquanto a economia brasileira cresceu a um ritmo muito menor. O setor vive um cenário de transformações tecnológicas, e expansão.


Acompanhando essa realidade, o SENAI da Paraíba, através do Centro de Inovação e Tecnologia Industrial – CITI/CAM, em parceria com a Energisa têm investido na formação de profissionais para o setor.

Em setembro,  cerca de 20 profissionais de Campina Grande e região, concluíram o curso de aperfeiçoamento profissional em Redes de Distribuição de Energia Elétrica, oferecido pelo SENAI, com uma carga horária de 230h. Essa foi à segunda turma que as instituições formaram esse ano, e outras duas foram iniciadas, o que totalizará cerca de 80 novos profissionais aptos a trabalharem na construção, montagem e operação de Sistemas Elétricos de baixa e média tensão.

Entre os concluintes está José Maxwel Moura Melo, morador da cidade de Cuité, que tinha o sonho de se tornar um eletricista de Rede de Distribuição. “Era um sonho difícil de realizar porque eu não tinha como me deslocar todos os dias para Campina Grande, mas no começo desse ano eu estava desempregado e com a ajuda da prefeitura de Cuité consegui alugar um imóvel em Campina, e me matricular. Com muito esforço consegui superar todas as dificuldades e concluir o curso. Foi uma experiência única, pois além de uma excelente estrutura, o SENAI ofereceu um instrutor preparado para nos proporcionar uma formação completa”, disse José Maxwel.

Todos os eletricistas de redes, formados no SENAI, podem exercer a profissão em empresas que atuam com Sistemas Elétricos de Potência (SEP), ou seja, as concessionárias de energia ou empresas de prestação de serviços em engenharia elétrica.

José Maxwel antes mesmo de concluir o curso, começou a estagiar na Energy, empresa que presta serviços a Energisa, e vai participar de processos seletivos na própria empresa. “Através do SENAI eu conheci a Energy, e assim tive a chance de ingressar em uma empresa que é referência no setor elétrico, onde pude colocar em prática todo o conhecimento que aprendi no curso. Agora vou me preparar para os processos seletivos e logo estarei atuando como eletricista efetivo, na empresa”, afirmou.

José Helder Silva Bezerra, morador da cidade de Prata, no cariri da Paraíba, concluiu o curso na mesma turma que Maxwel, e pretende continuar se qualificando no SENAI para trabalhar no setor elétrico. “Foi uma experiência única para mim, pois tenho 36 anos de idade, e sempre gostei muito dessa área de eletricidade, mas nunca tinha tido a oportunidade de fazer um curso, e ela veio através do SENAI e do incentivo de pessoas próximas a mim que trabalham no setor de Energia Elétrica. Agora pretendo me matricular em outros cursos oferecidos pelo SENAI, como o na área de Energia Solar fotovoltaica e nos de eletricista residencial e predial, para seguir nessa carreira que nos oferece tantas oportunidades de ingressar no mercado de trabalho”, comentou.

Informações sobre os cursos na área de eletricidade, oferecidos pelo SENAI, através do CITI/CAM, podem ser obtidas através do telefone: (83) 3182-0227.

Repórter PB

Destaques