Alertas

Corpo de Bombeiros dá dicas de prevenção para o período chuvoso

Por mais bem vinda que seja e por tantos benefícios que as fortes chuvas trazem aos sertanejos, elas também trazem transtornos, as vezes ocasionando verdadeiras calamidades.

De acordo com informações da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (AESA),o período chuvoso nas regiões do sertão, cariri e curimataú, começa no mês de fevereiro. Porém, desde o mês de janeiro estamos vendo fortes chuvas cair no sertão e em outras áreas do Estado.

A chuva é algo muito esperado pelo sertanejo. Ela é sempre bem vinda, pois sem ela não há como o homem e a mulher do campo trabalharem em seu pedaço de chão. Por clichê que seja a frase "água é vida", isso não diminui nem um pouco a verdade que há nela. Basta olhar a paisagem do sertão como fica depois de cair as primeiras chuvas. A vida simplesmente explode.

Por mais bem vinda que seja e por tantos benefícios que as fortes chuvas trazem aos sertanejos, elas também trazem transtornos, as vezes ocasionando verdadeiras calamidades. Um exemplo disso foram as chuvas que caíram no ano de 2008, onde várias cidades do interior do Estado sofreram com inundações.

A seguir, o Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba, através do 6º batalhão, apresenta algumas dicas de prevenção nesse período chuvoso:

ANTES DAS CHUVAS:

faça a limpeza dos telhados;
desobstrua as calhas;
mantenha limpo os ralos, esgotos e galerias;
providencie a poda ou corte árvores com risco de queda;
reforce ou escore muros e paredes pouco confiáveis

DURANTE CHUVAS INTENSAS:

fique atento ao nível de subida das águas;
tenha sempre lanternas e pilhas em condições de uso;
armazene água potável;
mantenha objetos de maior valor em locais elevados;
desligue a energia elétrica;
procure abrigo em local alto e seco

CUIDADO COM RAIOS

desligue aparelhos elétricos das tomadas;
não fique próximo de árvores ou postes;
não fique em pé em campo aberto;
evite campos de futebol e outros locais abertos;
mantenha distância de alambrados, cercas, linhas telefônicas e elétricas e estruturas metálicas em geral;
não fique dentro d´água.
Em caso de emergência, contate o Corpo de Bombeiros através do número de emergência 193.

Repórter PB

Destaques