Inaugurado

Parlatório no Sílvio Porto garante mais dignidade para apenados e advogados

O Parlatório, com espaço para atender até quatro apenados de uma vez, foi inaugurado nesta quinta-feira (19) pelo presidente da Caixa de Assistência aos Advogados (CAA), Carlos Fábio.

Os advogados criminalistas e os detentos do presídio Sílvio Porto, em João Pessoa, contarão a partir de agora com um espaço construído para garantir mais dignidade e segurança durante os atendimentos. O Parlatório, com espaço para atender até quatro apenados de uma vez, foi inaugurado nesta quinta-feira (19) pelo presidente da Caixa de Assistência aos Advogados (CAA), Carlos Fábio. O evento contou com a diretoria da entidade, advogados, secretário estadual de Administração Penitenciária, Sérgio Fonseca, e o diretor do presídio, Jader Filipe Valões.

Para o presidente Carlos Fábio, o papel da Caixa é cuidar do bem estar dos advogados e advogadas e com o Parlatório a instituição ultrapassa as barreiras beneficiando também a sociedade. “Esse espaço vai garantir mais dignidade para os juristas, os detentos e também para seus familiares. Essa obra é feita com muitas mãos e só tenho a agradecer aos companheiros da Caixa, ao secretário Sérgio Fonseca e a cada um que colocou seu tempo para que esse trabalho fosse concluído”, disse.

O presidente da subseção da OAB em Campina Grande, Jairo Oliveira, destacou o trabalho feito por Carlos Fábio à frente da CAA e disse que o Parlatório é uma realidade graças ao empenho do presidente. “A Ordem rompe com as barreiras e vai até a sociedade como tem que ser. Carlos é preocupado com isso e fez sair do papel essa obra que vai garantir um melhor trabalho aos advogados”, observou.

Para o defensor público Sílvio Porto, que é filho do desembargador Sílvio Porto, o Presídio necessitava de um espaço como o que foi inaugurado. “Só tenho que agradecer ao empenho pela construção desse Parlatório que vai garantir para todos nós um espaço mais digno de trabalho”, disse.

Segundo o secretário estadual de administração Penitenciária, Sérgio Fonseca, o grande desafio de todos é o trabalho pela ressocialização dos apenados e ações como a desenvolvida com o Parlatório começa a garantir a execução do processo. “Aqui poderemos garantir mais dignidade com esse ambiente agradável. O detento vai se sentir respeitado. Temos que desenvolver mais parcerias como essa”, afirmou.

O diretor do presídio, Jader Filipe Valões, destacou que o Parlatório vai garantir mais segurança para os advogados e apenados. “Antes os advogados tinham que tirar os presos para conversar em outro local e agora eles podem via até aqui por dentro do Presídio, beneficiando e tornando mais eficaz o trabalho dos agentes. Por isso, parabenizo a Caixa por esse excelente espaço”, destacou.

Repórter PB

Destaques