Homenagens

Hemocentro realiza atividades em homenagem ao Dia Mundial do Doador de Sangue

No Dia Mundial do Doador queremos chamar atenção para a importância do ato de doa

Com o tema “Acende a esperança no meu coração”, o Hemocentro da Paraíba realizará nesta quinta-feira (14) comemorações alusivas ao Dia Mundial do Doador de Sangue, com participação do grupo musical Os Gonzagas. O objetivo é sensibilizar a população sobre a importância da doação regular de sangue e atrair mais doadores.

“No Dia Mundial do Doador queremos chamar atenção para a importância do ato de doar. O sangue não tem substituto, por isso a doação voluntária regular é fundamental e pode salvar vidas. Toda pessoa em boas condições de saúde pode doar sangue sem qualquer risco ou prejuízo à sua saúde”, ressaltou a diretora-geral do Hemocentro da Paraíba, Luciana Gomes.

Dados do setor de Estatística do Hemocentro mostram que, atualmente, estão cadastradas na instituição 216.677 doadores, sendo 153.011 pessoas do sexo masculino e 63.666 pessoas do sexo feminino.

A programação oficial começará às 8h, com a realização de uma blitz educativa na frente do Hemocentro da Paraíba. A ação será promovida por estudantes da Escola Gênius, que vão distribuir panfletos informativos e convidar a população para doar.

Às 9h, os integrantes do grupo Os Gonzagas vão fazer uma apresentação especial. O som será no setor de recepção ao doador, que já ganhou uma decoração junina, com bandeirolas, balões e fogueira.

A ação contará ainda com a participação de cosplays do Capitão América, do Homem de Ferro, da Mulher Maravilha e do Homem Aranha. Os super-heróis integram o grupo Cosplay Solidário Oficial, liderado por Magno Monteiro, que é doador de sangue e aceitou o convite para animar a festa do Dia Mundial do Doador.

Durante as comemorações haverá oferta de serviços de beleza para os doadores por profissionais do CP Fios e Formas de Mangabeira e de representantes do Hinode. Encerrando as atividades, haverá homenagem especial para os doadores com maior número de doações. Quem doar sangue receberá um lanche com comidas típicas da época.

Segundo a coordenadora do Núcleo de Ações Estratégicas do Hemocentro da Paraíba, Elaine Santana, as atividades do Dia Mundial do Doador fazem parte das ações planejadas para a campanha Junho Vermelho. “Além das homenagens ao doador, teremos coleta externa, no próximo sábado (16), no Parque da Lagoa, das 8 às 16h, e caravanas solidárias, que vão trazer grupos de doadores ao Hemocentro e transportá-los de volta ao local de partida, após a doação. As ações foram planejadas para incentivar a cultura da doação regular”, explicou.

Palestra na PBGás - A Companhia Paraibana de Gás (PBGás) realiza nesta quinta-feira, 14 de junho, Dia Mundial do Doador de Sangue, palestra sobre como se tornar um doador de sangue e a importância desse ato de amor ao próximo. A palestra, proferida pela equipe do Hemocentro será ministrada no auditório I do Espaço Cultural e também inscreverá colaboradores que queiram doar sangue e ou medula óssea durante o mês de junho.

A ação é uma realização da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidente) da PBGás em parceria com o Hemocentro de João Pessoa. A data foi criada por iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2014, e o dia escolhido é uma homenagem ao nascimento de Karl Landsteiner (14 de junho de 1868 - 26 de junho de 1943), um imunologista austríaco que descobriu o fator Rh e várias diferenças entre os diversos tipos sanguíneos.

O técnico de processos organizacionais da PBGás e representante da Cipa, Daneil Gomide, lembrou que a companhia já proporcionou campanhas internas de doação de sangue e de medula óssea e, este ano, irá repetir esse gesto de amor ao próximo. “Sabemos que neste mês de junho se verifica uma baixa nos estoques de sangue e em parceria com o Hemocentro vamos estimular para que ainda mais colaboradores se tornem doadores voluntários e ajudem a salvar milhares de vidas”, destacou Gomide.

Quem pode doar - Para doar sangue, a pessoa deve estar enquadrada dentro de algumas características específicas, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS): Homem ou mulher; entre 16 e 68 anos; ter acima de 50 quilos; não ter Hepatite B, Hepatite C, Doença de Chagas, Sífilis, AIDS (HIV), HTLV, estar bem alimentado e descansado, esperar entre 90 e 180 dias após o parto para mulheres grávidas e se estiver gripado, esperar no mínimo 7 dias após a recuperação para poder doar;

Os horários de funcionamento do Hemocentro são de segunda a sexta das 7h às 17h30 e aos sábados das 7h às 17h. Mais informações no Hemocentro de João Pessoa no 3218-7601 e 3218 7611.

Repórter PB

Destaques