Futebol Internacional

City vence o PSG de novo e chega a sua primeira final de Liga dos Campeões

Dois gols de Mahrez garantem ao time de Manchester a classificação inédita. Sem Mbappé para ajudar, Neymar ainda vê Di María ser expulso no segundo tempo

O Manchester City está na final da Liga dos Campeões, pela primeira vez em sua história. O time inglês se classificou ao vencer o Paris Saint-Germain, em casa, por 2 a 0 – no jogo de ida, havia triunfado por 2 a 1.


Os dois gols da partida desta terça-feira foram marcados pelo atacante Mahrez, um em cada tempo. Agora o City aguarda o vencedor do confronto entre Chelsea e Real Madrid, que se enfrentam nesta quarta-feira em Stamford Bridge. A grande decisão do torneio será no dia 29 de maio, no Estádio Olímpico Atatürk, em Istambul, na Turquia.

Gosto amargo

Neymar se despede da atual Liga do Campeões com nove jogos disputados, seis gols marcados e três assistências anotadas. O atacante brasileiro passou em branco na fase mata-mata desta edição (machucado, não enfrentou o Barcelona nas oitavas de final). No confronto desta terça-feira contra o Manchester City, ele teve um chute para fora e outros quatro bloqueados.

Ninguém segura!

Antes de chegar à decisão da atual Champions, a melhor classificação havia sido na temporada 2015/16, quando foi eliminado pelo Real Madrid. Nas outras três tentativas sob o comando de Pep Guardiola, nas três temporadas mais recentes, o City caiu nas quartas. O time também estabeleceu o recorde de vitórias seguidas de uma equipe inglesa em torneios europeus: sete.

Cabeça quente

Além do fato de ter sido derrotado de novo, o PSG teve outro ponto repetido em relação ao jogo de ida: uma expulsão. Desta vez foi o atacante Di María, após agredir Fernandinho fora de campo, com um pisão. O time francês ainda teve outros quatro cartões amarelos. No primeiro embate, no Parque dos Príncipes, Gueyé que recebeu o cartão vermelho.

Wonderwall!

O zagueiro português Rúben Dias foi eleito o melhor jogador da partida entre Manchester City e Paris Saint-Germain. O defensor de 23 anos acertou 28 dos 31 passes (90%), bloqueou três chutes e anotou uma interceptação. O City sofreu apenas quatro gols em 12 jogos nesta edição da Champions. Paredão.

Decisivo

O atacante Riyad Mahrez anotou os dois gols do Manchester City. Um aos 11 do primeiro tempo, num chute de perna direita, e depois aos 18 do segundo, complementando de canhota o cruzamento de Foden. Mahrez tem quatro gols em 11 jogos nesta Champions League. Na temporada como um todo são 14 gols em 45 partidas.


Fonte: Globo Esporte. 

Repórter PB

Destaques