Partida

Palmeiras e Vasco empatam em jogo adiado da primeira rodada do Campeonato Brasileiro

Com time reserva e de olho na decisão da Libertadores, Verdão sai na frente com Breno Lopes, mas equipe de São Januário busca a igualdade com golaço de falta de Benítez.

Resumão

Palmeiras e Vasco empataram em 1 a 1, na noite desta terça-feira, no Allianz Parque, em partida adiada e válida pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Mesmo atuando com o time reserva, o time paulista abriu o placar com Breno Lopes, no primeiro tempo, mas viu a equipe carioca encontrar a igualdade com um bonito gol de falta de Benítez minutos depois. O resultado impediu o Verdão de colar no G-4, mas ajudou o time de São Januário a abrir momentaneamente quatro pontos da zona de rebaixamento.

Como ficam

Com o empate, o Palmeiras chegou aos 52 pontos e segue em quinto. O time está a três pontos do Flamengo, primeiro time no G-4, com 55, e que tem uma partida adiada para jogar na quinta-feira. O Vasco, por outro lado, chegou a 36 pontos e assumiu a 14ª colocação. O time está a quatro pontos do Bahia, primeiro time dentro da zona de rebaixamento, mas que também tem um jogo adiado para disputar contra o Corinthians, nesta quinta-feira, válido pela 30ª rodada.

Primeiro tempo

O Vasco criou a primeira boa oportunidade aos cinco minutos. Benítez cobrou falta para a área, Léo Matos subiu bem e fez o gol. Mas o VAR anulou o lance. A resposta do Palmeiras veio rápida, com Felipe Melo perdendo um gol quase embaixo das traves. Aos 21, em contra-ataque rápido, após erros de Bruno Gomes e Ricardo Graça, Breno Lopes saiu na cara de Fernando Miguel, mas o goleiro conseguiu salvar. Mas na segunda oportunidade, o atacante não falhou. Aos 30, o camisa 39 recebeu na ponta direita, ganhou na corrida de Ricardo Graça e bateu na saída de Fernando Miguel para abrir o placar. Porém, a vantagem palmeirense durou pouco. Aos 34, Benítez cobrou falta de longe e marcou um bonito gol para o Vasco. Aos 40, a equipe paulista voltou a ameaçar com Gabriel Silva, que obrigou Fernando Miguel a fazer grande defesa.

Segundo tempo

A etapa final começou com menos intensidade. A primeira grande oportunidade veio aos 27, quando Scarpa avançou em velocidade e chutou. A bola passou perto do gol de Fernando Miguel, que só acompanhou com os olhos. Aos 40, Pec tabelou com Cano e cruzou para a área. Mas Vinícius não alcançou. Dois minutos depois, em uma nova investida de Pec, porém, Jaílson teve trabalho. O goleiro do Palmeiras salvou uma bomba do meia vascaíno. No apagar das luzes, Cayo Tenório cobrou falta, Jaílson saiu mal, e Andrey cabeceou! Mas a bola parou na defesa do Palmeiras, que conseguiu segurar o empate no fim.

Primeiro gol pelo Palmeiras

Na primeira grande chance não deu. Fernando Miguel fez grande defesa. Mas na segunda, minutos depois, Breno Lopes não desperdiçou: mandou para a rede e marcou o primeiro gol com a camisa do Palmeiras.

Pensamento na decisão

Com o foco na final da Libertadores, contra o Santos, no próximo sábado, o técnico Abel Ferreira optou por poupar o time titular para enfrentar o Vasco. Os titulares treinaram pela manhã com o grupo de apoio do elenco sub-20.

Golaço de Benítez

Aos 34 minutos do primeiro tempo, Benítez empatou o placar em 1 a 1 com uma bela cobrança de falta. O último gol do Vasco de falta havia acontecido há 166 dias. Em 13 de agosto de 2020, Fellipe Bastos marcou de bola parada sobre o Sport.

VAR em ação

Aos cinco minutos de jogo, Benítez cobrou falta para a área, Léo Matos subiu bem e marcou. A jogada, porém, foi invalidada pelo bandeira. Após análise do árbitro de vídeo, o impedimento foi confirmado.

Agenda

Os dois times voltam a campo no final de semana. No sábado, o Palmeiras decide o título da Libertadores com o Santos, no Maracanã, às 17h. No domingo, o Vasco enfrenta o Bahia, às 16h, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Com Globo Esporte

Repórter PB

Destaques