Atacante

Gabriel Veron, do Palmeiras, pode ser alvo da nova direção do Barcelona

Em setembro de 2020, Gabriel Veron renovou seu contrato com o Palmeiras até 2025 e passou a ter uma multa rescisória de 60 milhões de euros (cerca de R$ 385,2 milhões na cotação atual).

A eleição presidencial do Barcelona, disputada pelos candidatos Joan Laporta, Víctor Font e Toni Freixa, vai ocorrer ainda em 2021. Apesar do pleito estar pendente de uma convocação oficial, a nova direção pode já ter algumas prioridades ao assumir o clube. Segundo o jornal espanhol "Sport", o atacante Gabriel Veron, do Palmeiras, pode ser alvo da equipe catalã.

Em publicação feita nesta quarta-feira, o periódico relatou que na véspera da Copa do Mundo Sub-17, um secretário de um time europeu que frequentemente visita a América do Sul em busca de promessas exaltou o camisa 27 do Verdão, afirmando que a joia alviverde é "o único jogador de futebol que o Brasil tem com perfil do Barça".

Veron ainda foi muito elogiado pela publicação. O periódico afirmou que o jogador de 18 anos pode "ser protagonista a médio prazo" e "se enquadra no sistema de jogo que Cruyff implantou no Barcelona, pela facilidade de jogar na ala, onde é amplo, transborda de autoconfiança e seu repertório técnico no mano a mano, seja na estática ou na velocidade, e por sua facilidade de conclusão".

Por fim, o "Sport" informou que a revelação palmeirense já está sendo observada por grandes clubes da Europa, como Juventus, Manchester City e Manchester United.

Em setembro de 2020, Gabriel Veron renovou seu contrato com o Palmeiras até 2025 e passou a ter uma multa rescisória de 60 milhões de euros (cerca de R$ 385,2 milhões na cotação atual). O atacante se recupera de uma lesão muscular na coxa esquerda e ainda não entrou em campo em 2021. No ano passado, foram oito gols marcados em 33 partidas disputadas.

 

Com Gazeta Esportiva

Repórter PB

Destaques