De Volta

Após impasse, Orejuela tem sinal verde para se reapresentar ao Cruzeiro na quarta-feira

Lateral-direito estava emprestado ao Grêmio e já teve o contrato registrado novamente no BID; futuro é incerto e há interesse de Atlético-MG, Flamengo e Sporting no futebol do colombiano

O contrato de Orejuela no Grêmio se encerrou no Réveillon, mas ele se manteve em Porto Alegre, com a indefinição do retorno ao Cruzeiro. Houve acerto. O ge apurou que o lateral-direito é esperado na Toca da Raposa nesta quarta-feira, para a reta final de tratamento da lesão na coxa esquerda, sofrida em 18 de dezembro.

O colombiano já teve o contrato com o Cruzeiro reativado no BID, mas ficou sem autorização para se reapresentar em Belo Horizonte, bem como não poderia tratar da lesão no Grêmio, sem contrato com o clube gaúcho. A solução, ao menos até agora, era Orejuela ser atendido em clínica particular de Porto Alegre.

Há uma tendência de ele ser negociado. Com salário alto e valorizado no mercado, é visto como um alívio financeiro para o clube mineiro. O rival Atlético-MG, o Flamengo e o Sporting de Lisboa estão interessados.

Havia um indício de acerto entre Cruzeiro e Grêmio para a permanência de Orejuela em Porto Alegre. O Tricolor pagaria 2,85 milhões de euros parcelados. A Raposa, entretanto, quer receber os valores de forma mais rápida. Aconteceu um desencontro e a situação foi rompida. O Galo, por exemplo, tem intenções de investir à vista um valor próximo dos 3 milhões de euros. O Cruzeiro detém 50%, e o Ajax é dono da outra metade dos direitos econômicos.

Orejuela sofreu lesão de grau dois na coxa esquerda durante o jogo Santos x Grêmio, pela Libertadores de 2020. Havia previsão de ele ficar parado por três semanas, ao menos. O jogador completou esses 21 dias de molho, mas não há previsão certa de volta aos gramados. Ele não pode ser usado pelo Cruzeiro na reta final da Série B. Faltam cinco jogos para o encerramento da Segunda Divisão.

 

Fonte: Globo Esporte. 

Repórter PB

Destaques