Marfinense

Kalou chega ao Rio de Janeiro para ser apresentado oficialmente pelo Botafogo neste sábado

Atacante desembarca no Brasil com bandeira alvinegra. Ele tem apresentação com festa virtual marcada para 13h15 no Nilton Santos

Falta cada vez menos para a estreia, torcedor. Salomon Kalou chegou ao Rio de Janeiro na manhã deste sábado no Galeão e será apresentado virtualmente para os botafoguenses nesta tarde, às 13h15. O avião pousou no aeroporto internacional por volta das 5h15. O ge estará presente na apresentação e trará toda a cobertura dos primeiros momentos do atacante como jogador do Botafogo.

Kalou saiu pelo portão principal de desembarque do aeroporto internacional, posou para fotos com a bandeira alvinegra, mas seguiu direto para um veículo sem dar declarações. Depois da apresentação oficial no Nilton Santos, ele deverá conceder uma coletiva por conferência em vídeo.

Kalou chega ao Botafogo depois cinco temporadas e meia pelo Hertha Berlin, da Alemanha. Por lá, jogou um pouco com o jovem atacante brasileiro Matheus Cunha e saiu do clube envolvido em polêmica: ele gravou um vídeo quebrando os protocolos de higiene que previne da Covid-19.

Antes disso, passou pelo Lille, da França, e teve a melhor fase nas seis temporadas que jogou no Chelsea, quando conquistou até a Liga dos Campeões. Kalou surgiu no Mimosas, clube da Costa do Marfim, e logo foi contratado pelo Feyenoord, da Holanda. Lá, foi primeiro emprestado ao Excelsior e depois de duas temporadas no clube que o contratou, foi para a Inglaterra brilhar ao lado de Lampard, Drogba e companhia.

 

O atacante até já atuou no mesmo campo que Keisuke Honda aqui no Brasil. Na Copa do Mundo de 2014, o japonês e o marfinense se enfrentaram na estreia da competição, quando a Costa do Marfim venceu por 2 a 1 na Arena Pernambuco, com o camisa 4 do Botafogo marcando o gol que abriu o placar, inclusive.

A estreia de Kalou ainda não está confirmada. Ao todo, o jogador que costuma atuar como segundo atacante já marcou 194 gols em 560 jogos, o que dá uma média de um gol a cada 2,9 jogos. Achismo sobre a atuação dele aqui no Brasil é o que não falta, mas saber como ele vai se sair dentro de campo, só vendo, realmente.

Com o Globo Esporte. 

Repórter PB

Destaques