Paraibano

Campinense x Sousa: escalações, desfalques e arbitragem para o duelo de volta da semifinal

A primeira partida acabou igualada em 2 a 2, na última sexta-feira, no Marizão.

O Estádio Amigão vai ser o palco onde vamos conhecer os finalistas da edição 2020 do Campeonato Paraibano. O primeiro deles sai na noite desta terça-feira, do confronto entre Campinense e Sousa, marcado para as 20h15. A primeira partida acabou igualada em 2 a 2, na última sexta-feira, no Marizão. Caso um novo empate aconteça, a primeira vaga da decisão vai ser resolvida nas penalidades máximas.

Melhor do Grupo B na primeira fase, o Campinense conseguiu até virar o placar em território adversário, no jogo de ida. O resultado acabou empatado e, na opinião do treinador Nei Júnior, poderia ter sido de melhor sorte para a sua equipe. Ainda sem vencer sob o comando do time rubro-negro, o comandante tem a grande responsabilidade de colocar a Raposa em seu terceiro ano consecutivo na final do estadual, para que depois, aí sim, o clube possa pensar numa boa campanha na Série D do Brasileiro, almejando o sonhado retorno à Terceirona nacional.

Já o Dinossauro vai a campo para reparar os erros que deixaram o seu treinador chateado no último jogo. Givanildo Sales admitiu que os seus jogadores não renderam como ele esperava e que a cobrança entre eles, logo após a partida, foi grande. Assim como em 2009, ano do seu último título estadual, o Sousa vai decidir uma vaga na final da competição contra o Campinense. Resta saber se a competência vai ser a mesma que os sertanejos tiveram há 11 anos.

CAMPINENSE - técnico: Nei Júnior

Sem ninguém fora da partida por suspensão, o Campinense vai contar com apenas uma baixa: Wagner Querino, com um entorse no tornozelo, permanece encostado no departamento médico. Caio Breno, voltando de lesão, e Fábio Júnior, reintegrado ao elenco, estão disponíveis para a partida. Outro que retorna à equipe rubro-negra é o zagueiro Alex Maranhão, que cumpriu suspensão nos primeiros 90 minutos do confronto.

SOUSA - técnico: Givanildo Sales

Sem desfalques por ordem médica ou disciplinar, o Sousa deve ter em campo a sua base principal em busca de uma vaga na final, que não vem desde o ano de 2012.

Arbitragem

Árbitro principal: Marcelo Aparecido de Souza (CBF-PB)
Assistente 1: Oberto Santos (CBF-PB)
Assistente 2: Luis Filipe (CBF-PB)
Quarto árbitro: Afro Rocha (CBF-PB)
Quinto árbitro: Mattheus Tcharles (FPF)
Assistente reserva: Newton Jayme (FPF)

Repórter PB

Destaques